Câmara: Novo presidente já definiu os principais nomes de seu staff

33
Cláudio da Farmácia vai comandar a nova mesa diretora da Câmara Municipal a partir de janeiro – Foto: Divulgação

O presidente da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Rondonópolis, vereador Cláudio da Farmácia (MDB), que toma posse em janeiro, já definiu o seu staff. Como procurador, permanece o atual advogado Kadmo Martins (PSDB), Hermélio Silva continua na Secretaria de Imprensa e Kleber Paulino, na Secretaria de Finanças.

A Secretaria Institucional, que hoje é ocupada pelo ex-vereador Fulô (MDB), ficará com Gilvam de Oliveira, o Zequinha e a Secretaria Administrativa, que é ocupada pelo advogado Eduardo Duarte, ficará a cargo do assessor do vereador Fábio Cardozo (PDT), Alessandro Brandão. Na Secretaria da Presidência, está confirmado Danilo de Oliveira, filho do comunitário Miguel Milani.

De acordo com Cláudio da Farmácia, sua transição será apenas administrativa, mas com posse para às 10 horas do dia 1º de janeiro, na Câmara Municipal. “No começo de mandato, vamos dar sequência ao trabalho que estava sendo desenvolvido. Mas, no futuro, queremos aproximar a Câmara Municipal das comunidades. A ideia é realizar, em cada mês, pelo menos uma sessão nos bairros”, revelou.

Conforme já foi noticiado pelo A TRIBUNA, os vereadores elegeram no dia 18 de dezembro de 2017, de forma antecipada, em sessão extraordinária, o vereador Cláudio da Farmácia como presidente da Câmara Municipal para o biênio 2019/2020. A eleição do peemedebista contou com 13 votos a favor, sete abstenções e uma falta do vereador Elton Mazette (PSC), que havia declarado apoio ao grupo, mas não compareceu à sessão.

A nova mesa diretora ficou com a seguinte composição: como presidente o vereador Cláudio da Farmácia (MDB); vice-presidente, Roni Magnani (PP); 2º vice-presidente, Bilu da Areia (PRTB); 1º secretário, Vilmar Pimentel (SD); e 2º secretário, Hélio Pichioni (PSD).

ÚLTIMA SESSÃO

A última Sessão Ordinária da Mesa Diretora do biênio 2017/2018 ocorreu anteontem (19) e nela foram apresentados alguns projetos do Executivo, bem como de vereadores.

Para atender as demandas, foi necessário realizar uma Sessão Extraordinária com o intuito de votar projetos que precisam de duas votações.

O atual presidente da Casa, Rodrigo da Zaeli, fez um balanço de sua gestão à frente da instituição. “Foram dois anos de muito trabalho e dedicação, principalmente da equipe da Câmara de Rondonópolis. Sem estes colaboradores, nada teria sido feito. Implementamos projetos bacanas, exemplo disso é o ‘Vereador Mirim’, um projeto que trouxe alunos das instituições de ensino da cidade para exercerem o papel de parlamentares. Foi oportunizado a eles fazer projetos de lei, indicações e outros documentos pertinentes ao cargo de vereador. Também instituímos o projeto Câmara Tour, onde alunos visitam a Câmara, acompanhados de um instrutor que apresenta a história de cada departamento da Casa de Leis”, disse.

Ele acrescentou. “Ainda posso destacar a economia feita por esta gestão. No ano de 2017, devolvemos para a prefeitura mais de R$ 3 milhões, a maior devolução já feita na história da Câmara de Rondonópolis. Conseguimos reduzir valores de contratos e aplicamos o dinheiro público com responsabilidade. Erros, acredito que também tivemos, mais buscamos tratar de cada detalhe com transparência e respeito”, completou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here