Maior centro de negócios de sementes do Estado

Rondonópolis também produz pesquisa e tecnologia na área de sementes e produção de novas variedades – Foto: Arquivo

Valendo-se da proximidade da principal região produtora de sementes de Mato Grosso, no caso a Serra da Petrovina, as sementeiras acabaram por centralizar seus negócios em grande parte na cidade de Rondonópolis. Não é por acaso que a cidade se mantém como o principal centro de negócios ligado ao setor de sementes do Estado.

Nenhuma cidade de Mato Grosso possui tantas sedes de sementeiras ou escritórios do ramo como Rondonópolis. Para exemplificar, dos 41 associados da Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat), 17 deles possuem sede em Rondonópolis, sem falar de outras que possuem sede em outros municípios, mas também possuem escritório aqui.

Além de irradiar negócios, Rondonópolis também produz pesquisa e tecnologia para todo o Cerrado na área de sementes e produção de novas variedades. Foi assim com a formação da Aprosmat, criada em 1.980 e com sede na cidade, sendo referência para o setor.

Também foi assim com a criação em 1993 da Fundação de Apoio à Pesquisa de Mato Grosso (Fundação MT), com sede em Rondonópolis, fomentando a pesquisa para o avanço da produção no cerrado brasileiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here