Economia: Cidade aposta na prestação de serviços

O setor de saúde vem se aperfeiçoando e se firmando como polo prestador de serviços – Foto: Arquivo

Por sua posição estratégica, Rondonópolis vem se tornando um importante centro prestador de serviços, com centros de tratamento médico, clínicas de saúde, faculdades particulares, campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), dezenas de transportadoras, hotéis, indústrias, além de expressiva gama de profissionais, das mais diversas áreas.

Segundo dados da Prefeitura, a arrecadação de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de Rondonópolis tem crescido devido ao fortalecimento do setor de serviços nos últimos anos, principalmente pela operação da ferrovia no município. Os números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/2015) também mostram que o setor mais importante na economia local é o de prestação de serviços, incluindo o comércio.

Na área de saúde, Rondonópolis também é uma grande referência regional, com clínicas com equipamentos cada vez mais modernos e investindo grandemente em estrutura física e em profissionais. O médico Alberto de Carvalho, que acompanha o crescimento de Rondonópolis há 43 anos, destaca o avanço ocorrido na medicina local e na própria cidade.

“Rondonópolis me surpreendeu muito. Eu sempre achava que fronteira agrícola tem um limite de crescimento, como teve aqui, mas não pensava que ia crescer tanto em outras áreas. Hoje eu vejo essa pujança que virou. Quando eu era prefeito, há cerca de 20 anos, Rondonópolis arrecadava muito pouco frente ao que arrecada hoje”, lembra dr. Alberto.

O momento da cidade é muito bom e sua economia está em franca expansão. Em todos os setores, Rondonópolis vem recebendo investimentos, desde o varejo de supermercados até o setor de hotelaria e de transportes.

Com a ferrovia se consolidando em Rondonópolis e o encerramento do transporte de cargas por ferrovia em Campo Grande, muitas transportadoras estão se transferindo para a cidade. E o terminal ferroviário tende a continuar aumentando sua participação na economia local, considerando a previsão de mais um grande investimento em 2019 para aumentar o transporte de cargas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here