Rota do tráfico: Com fiscalização intensificada, PRF apreende quase 300 kg de droga

Em uma das abordagens, agentes de Rondonópolis prenderam um policial militar de MS que transportava maconha

6
Veículo estava carregado com 231 kg de maconha e 2 kg de skank – Foto: PRF/MT

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Rondonópolis, realizou três apreensões de droga entre anteontem (22) e ontem (23), somando quase 300 quilos de entorpecentes. A maior das apreensões aconteceu na tarde de ontem, quando em uma caminhonete abordada foram localizados 231 kg de maconha e 2 kg de skank. O condutor da caminhonete, com placas de Coronel Sapucaia (MS), conseguiu escapar da abordagem.

Segundo a PRF, os policiais realizavam fiscalização na rodovia BR-364 e deram ordem de parada a dois homens, que estavam em um carro. Ao perceber que o veículo da frente seria parado, o motorista da caminhonete fez o retorno e saiu em alta velocidade pela rodovia. As equipes viram a manobra e foram atrás do veículo suspeito, sendo que o condutor abandonou a caminhonete em um estabelecimento comercial, às margens da rodovia, e fugiu pela mata. Os policiais realizaram busca no veículo e acharam a maconha e o Skank, que estavam escondidos em vários compartimentos. O motorista e o passageiro que foram abordados pela PRF, antes da fuga do condutor da caminhonete, são investigados de envolvimento no transporte. O carro que eles estavam de placas também de Coronel Sapucaia.

Foto: PRF/MT

Foi a segunda ocorrência do dia neste sentido, já que no período da manhã dois homens foram presos, sendo um deles um policial militar de Mato Grosso do Sul, transportando 48 kg de maconha. A droga estava escondida no veículo Ford/Ka, que foi abordado no km 33 da BR-163, em Itiquira. Por volta das 4h, os PRFs deram ordem de parada ao veículo no qual estavam dois homens. O condutor, de 40 anos, e o passageiro, de 21 anos.

Durante a entrevista, o motorista logo se identificou como sendo policial militar em Mato Grosso Sul, mas, assim como o companheiro de viagem, apresentou informações contraditórias e um certo nervosismo com os questionamentos dos agentes. Diante das suspeitas levantadas, a equipe deu início a uma busca minuciosa no automóvel quando foram localizados, no para-choque traseiro, 46 tabletes do entorpecente, totalizando cerca de 48 kg. Ao perceber a descoberta do ilícito, o PM fugiu do local entrando pela vegetação. O passageiro recebeu voz de prisão e informou à equipe que toda a maconha pertencia ao policial e seria trocada por dois veículos em Cuiabá.

Policial militar de MS foi preso pelo transporte de 48 kg de maconha – Foto: PRF/MT

A prisão do policial aconteceu horas depois, já no Mato Grosso do Sul. Como forças policiais da região foram acionadas, por volta das 11h, o suspeito acabou sendo capturado por uma equipe da Polícia Militar de Sonora, local onde chegou após conseguir uma carona. Entregue aos PRFs, o PM foi encaminhado para a Polícia Federal (PF) de Rondonópolis.

Anteontem, foi a vez de um menor de idade, de 17 anos, ser apreendido com 16 kg de maconha. Ele estava em um ônibus que fazia a linha Cascavel/PR – Porto Velho/RO e mostrou nervosismo com a presença dos policiais rodoviários federais. O menor relatou informações desconexas sobre os motivos da viagem e, na vistoria à sua mala, foram encontrados 18 tabletes de maconha, totalizando cerca de 16 kg. De acordo com o adolescente, alguns tabletes do entorpecente e uma quantia em dinheiro seriam o pagamento para que ele levasse a bagagem do Paraguai até Sinop/MT.

1 COMENTÁRIO

  1. É praticamente impossível fiscalizar toda a nossa fronteira com o Paraguai e Bolívia, mas supõem se que apenas uma pequena parte da droga é apreendida. para vigilância 24 horas precisaríamos de infra estrutura e material humano, como também vigilância aérea, dos rios e dos portos. Isso demanda dezenas de milhões de reais e aí é que os países como os Estados Unidos e da Europa deveriam contribuir maciçamente para que nós possamos fazer esse serviço e eles seriam os grandes beneficiados, pois a droga, de modo geral, seria apreendida.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here