Repórter do A TRIBUNA é agredido ao flagrar crime ambiental

16
Foto: Denilson Paredes/A TRIBUNA

O jornalista Denilson Paredes, colaborador do Jornal A TRIBUNA, foi agredido na manhã de ontem (26), em Rondonópolis, ao flagrar um crime ambiental. O caso aconteceu no Jardim Ipê, quando o mesmo tentava registrar o descarte de resíduos da construção civil às margens do Córrego Canivete, que era realizado por um caminhão caçamba sem identificação de empresa e ocupado por dois homens. Denilson registrou boletim de ocorrência (BO), prestou depoimento à Polícia Judiciária Civil (PJC) e passou por exame de Corpo de Delito no Instituto Médico Legal (IML) de Rondonópolis. O caso foi registrado como lesão corporal e ameaça, já que o profissional também foi ameaçado de morte.

O jornalista conta que visualizou o caminhão descarregando duas caçambas de entulho de construção no local, em um setor que já está canalizado, e, ao observar a cena, decidiu fotografar a situação com o seu aparelho celular. Ao perceber que estava sendo fotografado, o motorista do caminhão foi em sua direção em alta velocidade, quase o atropelando, desceu do veículo e o agrediu com um soco no nariz. O outro homem que estava no veículo, que chamava o primeiro agressor de pai, imobilizou o repórter para que o homem continuasse com as agressões. Ainda conforme o jornalista, além de questionar diversas vezes o motivo de estar sendo fotografado, o homem disse que, se algo lhe acontecesse, iria matá-lo. Denilson teve o aparelho celular danificado e escoriações em várias regiões do corpo, felizmente, sem maior gravidade.

Caminhão caçamba que descarregava resíduos às margens do Córrego Canivete – Foto: Denilson Paredes/A TRIBUNA

Vale ressaltar que o Jornal A TRIBUNA está acompanhando a questão do descarte irregular de entulhos pela cidade, que apresenta crescimento, assim como sempre noticiou o descarte irregular de lixo e outros materiais. Na edição de ontem (26), inclusive, uma reportagem sobre descarte irregular de entulho na região do Jardim Assunção, também as margens do Canivete, foi publicada.

O secretário municipal de Meio Ambiente, João Copetti, informou à reportagem que, em determinados pontos que margeiam a obra de canalização do canivete, o descarte de resíduo limpo tem autorização para acontecer. Contudo, reforça que há locais específicos para isso. João informou também que, no dia de hoje (27), equipes da Semma e da Polícia Militar Ambiental vão fazer uma varredura na região, para verificar o descarte irregular às margens do Córrego Canivete.

ASSOCIAÇÃO

O presidente da Associação dos Locadores e Transportadores de Caçambas de Rondonópolis, Ricardo Henrique Ayala Barbosa, repudiou o ataque sofrido pelo jornalista do A TRIBUNA. “A entidade repudia esse ato praticado contra o profissional ou qualquer outro tipo de violência”, disse, em visita a redação do A TRIBUNA na tarde de ontem (26). O presidente reforçou que a associação e todos os associados trabalham dentro da legalidade, dos princípios éticos e morais, seguindo o bom cumprimento da lei.

Ricardo ainda reforçou que a associação está disponível para todos os esclarecimentos e também cobra que o caso seja apurado e esclarecido. Vale reforçar que não se sabe se os agressores fazem parte do quadro de associados, pois os mesmos ainda não foram identificados e o caminhão também não possuía nenhuma identificação.

1 COMENTÁRIO

  1. Quem realizou esse crime ambiental e a agressão ao jornalista Denilson do jornal A Tribuna tem que ser responsabilizado criminalmente, pois casos assim não podem passar em branco.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here