Corpo da menina foi encontrado com pés e mãos amarrados, diz advogado

5
Caso misterioso de Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, vem mexendo com o Brasil – Foto: Reprodução

Brasília

A família de Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, tenta descobrir o que aconteceu com a menina encontrada morta em uma mata após oito dias desaparecida. O enterro foi neste domingo (17), em Araçariguama (SP), cidade onde ela vivia com a mãe. O advogado da família disse que o corpo da menina estava com os pés e as mãos amarrados. A polícia não confirma, porque o caso está sob sigilo.

Na manhã desta segunda-feira (18), o advogado Roberto Guastelli contou que, tem convicções de que o crime foi motivado por vingança, pelo modo como o corpo foi encontrado. A polícia também não confirma esta hipótese, e investiga o caso.

O advogado não soube explicar o que teria motivado esta vingança e nem se o alvo seria mesmo a criança ou se a teriam confundido com outra. A polícia aguarda o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para confirmar as causas da morte.

“Ela foi encontrada com os pés e com as mãos amarrados e morta por asfixia e esganadura. Pelo histórico profissional que tenho, percebo que é uma vingança, pois não teve crime sexual envolvido ou qualquer outra motivação de outro crime”, afirma o advogado.

O advogado afirma que teve acesso a informações do IML. “Vitória Gabrielly já estava morta há sete ou oito dias, ou seja, ela foi morta no mesmo dia em que sumiu. Só não sabemos se ela estava lá desde o dia 8 de junho ou se foi colocada depois”, diz.

O corpo da jovem foi encontrado na Estrada de Aparecidinha, no bairro Caxambu, por volta das 13h de sábado (16).

1 COMENTÁRIO

  1. Sugiro prisão perpétua e ou pena de morte parta os matadores dessa garota. Se eles, os bandidos aplicam a pena de morte, praticamente todos os dias, por que então a Lei também não possa aplicá-la? Temos que deixar de ser hipócritas.

Deixe uma resposta para Orlando Sabka Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here