Caso aconteceu no Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco – Foto: Arquivo

Em meio às discussões sobre a regulamentação dos aplicativos de transporte em Rondonópolis e operações da Secretaria de Trânsito para fiscalizar os motoristas que estão atuando na cidade, o clima voltou a esquentar entre as categorias de taxistas e motoristas da Uber, um dos serviços do mercado.

O caso aconteceu no Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco, no início da tarde de ontem (22). Um motorista do aplicativo Uber registrou um boletim de ocorrência (BO), por ameaça, contra um taxista. Segundo o motorista, ele foi até o aeroporto buscar um passageiro e acabou sendo hostilizado, tendo o seu carro cercado por um grupo de taxistas que disseram, entre outras coisas, para ele “tomar cuidado senão vai dar ruim”.

Em seguida, outros dois motoristas de aplicativos chegaram ao aeroporto e também foram xingados e hostilizados. Conforme o boletim, o grupo mandou os motoristas de aplicativos irem embora para não serem agredidos. No BO, o número do carro e empresa de um dos taxistas foi informado, para que a polícia apure a situação.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e esteve no local para apaziguar a situação, orientando o motorista a registrar o BO na delegacia, já que houve apenas a ameaça verbal.

2 COMENTÁRIOS

  1. Estavamos lá, os taxistas alegam que somos ilegais e vieram para nos agredir. Infelizmente eles estão sendo orientados pelo secretário de trânsito onde os mesmo falam que somos ilegais. Triste isso

  2. A polícia tem que tomar uma atitude radical contra esses taxistas. O UBER é uma maneira LEGAL e com preços JUSTOS do povo se deslocar. Com relação aos taxistas que atuam no aeroporto, não é a primeira vez que eles mostram as garras e revelam a verdadeira face. Quem usa o aeroporto sabe muito bem disso: É quase de praxe os motoristas de táxi não ligarem o taxímetro pra trazer os usuários do aeroporto pra cidade. E quem reclama NÃO É OUVIDO. Nem mesmo o PROCON se manifestou quanto às reclamações, que não são poucas!
    O UBER é a opção mais justa. Eu, como usuário do aeroporto e do UBER, se presenciar a abordagem dos taxistas, denuncio na hora! O UBER é legal, justo e oferece um serviço com muito mais qualidade do que os táxis.
    O TÁXI está com os dias contados. Não há como frear o futuro e o futuro é o UBER.
    Taxista é um ser com a extinção decretada e aguardada.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here