Polícia Civil fecha casa de jogos no centro de Rondonópolis

A princípio, os responsáveis serão indiciados por corrupção de menores e exploração de jogo de azar

5
Ao todo, 55 máquinas foram apreendidas em casa na região central da cidade – Foto: PJC/MT

Após denúncia anônima recebida pela Polícia Judiciária Civil (PJC), uma casa utilizada para prática de jogos de azar foi descoberta e fechada na tarde de ontem (8), em Rondonópolis. A ação resultou na apreensão de 55 máquinas do tipo caça-níquel, e na detenção de quatro pessoas e apreensão de dois menores de idade. No imóvel de dois andares, situado na região central da cidade, os policiais civis confirmaram a veracidade da denúncia, sendo constatado o funcionamento de uma casa de jogos no local. No endereço, também foram localizados dois jogadores e dois funcionários.

Diante do flagrante, os seis envolvidos foram conduzidos à 1ª Delegacia de Polícia e ouvidos pela delegada plantonista Lígia Pinto da Silveira Avelar. O maquinário apreendido será vistoriado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). “A princípio os responsáveis serão indiciados por corrupção de menores e exploração de jogo de azar. No entanto, no decorrer das investigações, os suspeitos poderão responder pelo crime de contrabando, o qual a competência é na esfera federal”, destacou a delegada.

A ação que desarticulou a casa de jogos foi deflagrada em um trabalho da equipe de Delitos Gerais, da 1ª Delegacia de Polícia, com apoio do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra).

1 COMENTÁRIO

  1. POR QUE OS JOGOS NÃO SÃO TODOS LEGALIZADOS, FISCALIZADOS E COBRADO IMPOSTOS OU SOMENTE O ESTADO TEM O DIREITO DA EXPLORAÇÃO DOS JOGOS?

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here