A Brinquedoteca é um local preparado para desenvolver atividades lúdicas, tendo como objetivo, estimular o estudante ao brincar, pois ao adentrar no espaço encontrará diferentes tipos de jogos e brincadeiras, tornando um momento de diversão e aprendizado, ampliando o nível de oportunidades para construir suas próprias aprendizagens, funcionando como fonte de estímulos, para o desenvolvimento de suas capacidades estéticas e criativas, favorecendo ainda sua curiosidade.
Ao planejar a sala da brinquedoteca é importante lembrar que os brinquedos e jogos devem ser escolhidos levando em consideração as especificidades do segmento ao qual a brinquedoteca se destina. Tudo o que for colocado à disposição da criança deve ter o certificado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), uma garantia de que os objetos não oferecem perigo ao serem manipulados.
Vale ressaltar que a brinquedoteca não deve ser vista apenas como um ambiente educacional alternativo, mas, sim, um espaço de aprendizagem que permite à construção da identidade, autonomia e das diferentes linguagens no educando, um espaço onde a criança, utilizando o lúdico, constrói suas próprias aprendizagens, desenvolvendo-se num ambiente acolhedor, natural e que funciona como fonte de estímulos, para o desenvolvimento de suas capacidades estéticas e criativas, favorecendo ainda sua curiosidade. A Brinquedoteca além de oferecer atividades lúdicas, também influência definitivamente na formação social do educando, não devendo, portanto, ser caracterizada como um “depósito ou cantinho” de brinquedos, mas sim, espaço que promove aprendizagem e estimula o desenvolvimento integral da criança.
É possível perceber que a brinquedoteca deve destinar-se à formação e construção da cultura lúdica, de forma livre e prazerosa, com o manuseio de brinquedos, porém sob a supervisão ou mediação de um docente que conheça a essência e a função lúdica deste espaço.
Para demonstrarmos o quanto as crianças conhecem sobre esse universo de brincadeiras lúdicas foram entrevistadas três crianças da faixa etária de 5 a 11 anos onde puderam ser questionadas: você sabe o que é uma brinquedoteca? Como você acha que deveria ser uma brinquedoteca? Que tipos de brinquedos e brincadeiras teria? E obtivemos as seguintes observações: Julia Fernanda de 05 anos com a resposta na ponta da língua disparou; é onde a gente brinca do que quiser, gosta de brincar de fazer comidinha e queria que tivesse mais opção de vasilhas para montar a comidinha; Rafaelly de 06 anos respondeu que gosta de brincar de Barbie e que poderia ter mais bonecas, ou uma casinha de princesa, já para Kawinde 10 anos afirmou que na brinquedoteca o que ele mais gosta e mexer no computador, pois adora os jogos da net, brincar de pega-bandeira.·.
De acordo com as respostas percebe-se que as crianças têm acesso a brinquedoteca e estão felizes por terem um espaço onde são livres para usar a imaginação, reproduzindo, por meio de um brinquedo ou brincadeira, uma visão que a criança tem do mundo adulto.
A brinquedoteca é sempre um lugar prazeroso, onde os jogos, brinquedos e brincadeiras fazem a magia do ambiente. Todas elas têm como objetivo comum o desenvolvimento das atividades lúdicas e a valorização do ato de brincar, independente do tipo de brinquedoteca e do lugar onde está instalada, sejam num bairro, numa escola, no hospital, numa clínica ou numa universidade. Gostaram da idéia, estimulem a construção de um espaço lúdico dentro de casa também, os resultados cognitivos e o desenvolvimento das crianças irá te surpreender.

(*) Nora Ney S. de Oliveira, Celia Maria do Carmo e Renata Rodrigues de Arruda são professoras da educação infantil no município de Rondonópolis

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui