Curso mais concorrido do campus local, conforme a nota de corte, é medicina - Foto: Arquivo
Curso mais concorrido do campus local, conforme a nota de corte, é medicina – Foto: Arquivo

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus de Rondonópolis, está oferecendo 1.147 vagas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 1º/2017, que teve a abertura das inscrições hoje (24). Podem se inscrever os candidatos que fizeram o Enem de 2016 e que tenham obtido na redação nota superior a zero.
A inscrição no Sisu deve ser feita, necessariamente, com o número de inscrição e a senha do Enem de 2016, pela internet. Não há cobrança de taxa. Caso o candidato não se lembre do número de inscrição ou da senha, pode recuperá-los na página do Enem. No Município, a UFMT oferece a mesma quantidade de vagas que foi ofertada no 1º semestre de 2016.
As vagas são para os cursos de graduação em administração, biblioteconomia, ciências biológicas, ciências contábeis, ciências econômicas, enfermagem, engenharia agrícola e ambiental, engenharia mecânica, geografia, história, letras – português, letras – inglês e literatura, matemática, medicina, pedagogia, psicologia, sistemas de informação e zootecnia. Para todas as vagas, existe ampla concorrência e cotas (racial, escola pública e renda).
O Sisu estará disponível para inscrição dos candidatos de 24 de janeiro de 2017 até as 23h59 de 27 de janeiro de 2017. Durante esse período, o sistema estará aberto de forma ininterrupta. É importante ressaltar aos candidatos mato-grossenses que o sistema considera o horário oficial de Brasília. O resultado da chamada regular será divulgado no dia 30/01.
Concorrência
O curso mais concorrido da UFMT de Rondonópolis, conforme a nota de corte do Sisu 1º/2016, é medicina. Pela ampla concorrência, a nota de corte ficou em 779,68 pontos no Enem. Engenharia mecânica, psicologia e enfermagem seguem a lista dos mais disputados. Já a menor nota de corte foi registrada por letras – português, com média 553,2. Matemática e pedagogia também estão entre os cursos com nota de corte mais baixa.
Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte (menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados) para cada curso com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. Com isso, o candidato pode acompanhar suas chances de aprovação no sistema.
Sisu
O Sisu é o sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), pelo qual instituições públicas de educação superior oferecem vagas a candidatos participantes do Enem. Ao efetuar a inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes. Com isso, foi possibilitado o acesso do estudante as Universidades que estão distantes de sua cidade de origem, diferente do passado, quando era necessário fazer o deslocamento até a universidade desejada para prestar o vestibular. Vale lembrar, que nem todas universidades públicas utilizam o mesmo método, tendo algumas o seu modo de utilização da nota do Enem de forma própria. O sistema realiza dois processos seletivos por ano: um no início do primeiro semestre e outro no início do segundo semestre.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui