Primeira etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom contará com a participação de cem atletas
Primeira etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom contará com a participação de cem atletas

Itiquira receberá amanhã (23) e no próximo domingo (24) a primeira etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom de 2016. Nas águas do Rio Itiquira, participarão 100 atletas que buscarão as melhores posições no ranking nacional. Mato Grosso será representado por cinco atletas que fazem parte da Itiquira Canoagem Clube (IcaC).
O atleta Guilherme Mapelli, da Associação Trescoroense de Canoagem (ASTECA), do município de Três Coroas (RS), que chega do Campeonato Mundial Júnior e Sub-23 da modalidade, realizado na Polônia, com a décima colocação na categoria K1 Masculino, disse que se sente ainda mais motivado para iniciar o circuito nacional. “Eu nunca cheguei a competir em Itiquira, mas os atletas dizem que é um Rio bem difícil. De qualquer forma, não espero resultado, prefiro competir e o que vier é lucro. Mas depois do Mundial Júnior eu me sinto bem animado para começar o ano de competições no Brasil”, revelou Mapelli.
A soma dos resultados conquistados pelos canoístas nas três etapas do circuito, que ocorrerão, respectivamente em Itiquira, Três Coroas (RS) e Tomazina (PR), somados ao resultado obtido no Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom, que acontecerá em Foz do Iguaçu (PR), será critério para a obtenção do Bolsa Atleta. O programa do Ministério do Esporte funciona como um patrocínio individual concedido aos melhores colocados no ranking nacional.
Além da pontuação nacional, para os canoístas locais a competição é um incentivo a mais. No final do ano passado, foi montado em Itiquira a primeira escola de canoagem do município, a Itiquira Canoagem Clube (ICaC), que terá cinco de seus 14 atletas competindo em casa. “Esta vai ser a primeira competição deles. É uma ótima oportunidade dos atletas se familiarizarem com competições deste porte e de incentivar não só os atletas da escola, mas todos que vierem assistir. Estamos esperando um público grande e isso ajuda a divulgar a modalidade. Com isso, esperamos aumentar em até dez vezes a quantidade de alunos até o final do ano”, falou Schneider da Silva, professor de canoagem da ICaC.
O supervisor da Canoagem Slalom, Argos Rodrigues, também observou a importância da realização da competição para o desenvolvimento dos jovens atletas da região. “Neste momento ímpar que o esporte de alto rendimento estará vivenciando a realização dos Jogos Olímpicos, um dos fatores mais importantes como legado será, sem dúvida, o surgimento de novos núcleos de base. Iniciativas como essa em Itiquira, dando ênfase à formação de jovens atletas para a Canoagem Slalom, é de fundamental importância para o crescimento da modalidade no Brasil. Tomara que essa visão contagie alguns bons locais existentes na região amazônica”, completou Argos.
Serão premiados os atletas de várias categorias com medalhas de primeiro, segundo e terceiro lugares, e troféus para as melhores equipes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here