Direto de Brasília

0

Delfim Neto - 09-03-12

“Não dá para esperar mais! É fundamental que o Executivo e o Legislativo incorporem o senso de urgência e trabalhem para restabelecer a ‘confiança’ entre eles e recuperar o respeito da sociedade brasileira, sem o qual não haverá crescimento e, com ele, a queda do desemprego.”
Do ex-ministro Antônio Delfim Neto (foto), ao alertar para o risco de o Brasil atingir 10 milhões de desempregados em março deste ano.

DESPESAS
A presidente Dilma limitou os valores autorizados para despesas dos ministérios e órgãos do governo federal até que uma nova norma seja editada estabelecendo o contingenciamento de gastos para este ano. Ou seja, a crise vai continuar. E braba.

MINISTÉRIOS
O problema é que Dilma não fez os cortes necessários para conter despesas. A diminuição de ministérios, por exemplo, ficou muito aquém do esperado, mesmo na estrutura interna das pastas que permaneceram ou foram fundidas.

VENDAS
Por outro lado, o governo buscar formas de reforçar o caixa com a venda de imóveis da União. O primeiro lote disponível possui 239 unidades. Estão inclusos nesse pacote imóveis que o governo chegou a licitar em 2015, mas que não atraíram compradores.

IMÓVEIS
Entre os 239 imóveis, 61 ficam em Brasília. São as residências oficiais do Ministério da Fazenda e da Casa Civil, na Península dos Ministros. Também estão na lista 27 apartamentos funcionais da Asa Norte e Asa Sul, na área central da capital federal.

PEDIDO
A defesa do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), solicitou ao Supremo que paralise o andamento de um dos inquéritos abertos em decorrência da Operação Lava Jato até que o parlamentar deixe o comando da Casa, em fevereiro de 2017.

JUROS
O Comitê de Política Monetária do Banco Central realiza hoje a segunda rodada da reunião que definirá a nova taxa de juros Selic. O Copom está dividido entre os que defendem a manutenção da atual taxa ((14,25%) e os que querem elevar para 14,75%.

MANIFESTO
Ainda repercute forte aqui em Brasília a carta-manifesto de uma centena de advogados que se posicionam contra a violação de direitos pela Operação Lava Jato. Os partidos políticos estão divididos entre os que concordam e os que discordam dos advogados.

CPI DO HSBC
O senador Randolfe Rodrigues comemorou o compartilhamento de dados da Justiça francesa que pode ressuscitar a CPI do HSBC. Ele lamenta a obstrução dos trabalhos ocorrida em 2015 e diz que agora a investigação “só não avança se não quiser”.

ROMPIMENTO
O rompimento do PMDB com Dilma não deve nem entrar na pauta da convenção do PMDB, como querem alguns peemedebistas, como Eduardo Cunha. Temendo perder o comando da sigla, o vice Michel Temer trabalha para que o assunto não seja discutido.

GPS MATO GROSSO

– Comissão de Trabalho da Câmara aprovou projeto que eleva para 10 dias prazo para que o patrão fique com a Carteira de Trabalho do empregado sem ser multado.

– O projeto altera a Consolidação das Leis do Trabalho (Decreto-Lei 5.452/43 – CLT), que prevê apenas dois dias de prazo para a devolução e multa de um salário mínimo.

– Na opinião do autor do projeto, deputado Carlos Bezerra (MT), o aumento do prazo atende às necessidades das empresas, que são prejudicadas pelo tempo exíguo.

– O projeto de lei tramita em caráter conclusivo e será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de seguir para o Plenário.

SOBE – Segundo a Agência Internacional de Energia (IEA), em 2018, o Brasil deverá estar entre os 20 países com maior geração de energia solar.

DESCE – Pesquisa do Ibope Inteligência mostra a população brasileira dividida: 50% acredita que sim e os outros 50% não acredita que 2016 será melhor que 2015.

LEIA MAIS :
www.jpmbrasil.com.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here