Trabalhamos para o Senhor

3

Monsenhor Jonas Abib - opiniao - 06-05-14Nossa espiritualidade deve corresponder àquilo que somos. Espiritualidade não é outra coisa que nosso relacionamento com Deus, isto é, aquilo que somos para o Senhor, e o que fazemos em relação a Ele. Na Canção Nova somos operários de Deus, Ele conta conosco, precisa de nosso trabalho suado para que a missão aconteça. Nossa relação com Deus é de trabalho. Não se assuste, estamos desmitificando e colocando a realidade em termos concretos. Somos filhos que hoje, como adultos, trabalhamos para o Pai.
Faz parte do relacionamento de alguém que, trabalhando para o Senhor, Lhe seja muito íntimo, se alegre com Ele nos sucessos, sofra com Ele as demoras, suporte as contradições… se entristeça com as próprias infidelidades e pecados de cada dia.
Fomos escolhidos para essa missão. Digo mais, fomos criados por causa da missão e chegou a hora da maturidade, de nos gastarmos para que a missão aconteça. O Pai confiou em nós, tem investido alto e entregado tudo em nossas mãos. Trabalhamos para Ele e por isso precisamos ter a espiritualidade da alegria, daquele que faz contente seu trabalho, que tem prazer em fazê-lo, se sente satisfeito, realizado mesmo.
No início da comunidade, não podíamos imaginar tudo o que Deus faria conosco, mas começamos com determinação e generosidade. Deus precisava de uma companhia de pesca para pescar homens. Com a mesma convicção de Pedro, dizíamos ao Senhor: “Firmados na tua palavra, nós lançaremos as redes”.
Não sou ainda tudo o que Deus quer quer eu seja, mas não sou mais o mesmo. Busco diariamente, no poder do Espírito Santo, a força para realizar nossa missão que é proporcionar aos homens uma experiência com o Senhor, através dos meios de comunicação e dos encontros.

(*) Monsenhor Jonas Abib é fundador da Comunidade Canção Nova

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here