Projeto arquitetônico montado em 2013 para o aeroporto municipal: até agora sem sinal de virar realidade
Projeto arquitetônico montado em 2013 para o aeroporto municipal: até agora sem sinal de virar realidade

Existe desde 2013 um projeto para ampliação do terminal de passageiros do aeroporto de Rondonópolis, a partir do Programa de Investimentos em Logística de Aeroportos Regionais, do Governo Federal, que investirá em todo o Brasil cerca de R$ 7,3 bilhões na expansão da aviação regional, sendo cerca de R$ 330 milhões em 13 cidades de Mato Grosso.
Em 2013, foram apresentados os projetos iniciais para um novo terminal de passageiros, que passaria de 1.215 m² para 13.457 m² de área construída, incluindo o mezanino – um dos diferenciais da obra. O saguão teria dois pisos. Em baixo, haveria espaços para companhias aéreas, lanchonete, sanitários, fraldário, espaço para empresas de aluguel de veículos, táxis, informações e estruturas de segurança e administração geral. Na parte superior, haveria espaço para restaurante, pequenas lojas e os espaços de embarque e desembarque, com acesso direto às aeronaves através de “fingers” (passarelas elevadas entre o terminal e a aeronave), estrutura ainda inexistente em Várzea Grande. Do mezanino, os passageiros teriam vista completa para a pista.
De acordo o projeto inicial, o acesso entre os pisos seria por meio de escadas rolantes e elevadores. O grande diferencial do projeto arquitetônico do terminal de passageiros do aeroporto local seria a cobertura ondulada, formando duas espécies de ondas e permitindo maior entrada da luz natural. No entanto, tudo até agora não saiu do papel.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here