Teatro, uma utopia?

1

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Será impossível de se por em prática algo que já se prestou a um projeto e discussão em várias escalas da sociedade, em razão de vincular às determinações econômicas e políticas da realidade? Segundo Howard Gardner (O criador da Teoria da Inteligências Multipla) “os seres humanos dispõem de graus variados de cada uma das inteligências e maneiras diferentes com que elas se combinam e organizam e se utilizam dessas capacidades intelectuais para resolver problemas e criar produtos”.
Entre vários produtos criados pelo homem, estão sendo abortados em nossa cidade por falta de espaço adequado para cultura cênica, musical, artes plásticas entre outras manifestações populares, ou seja, sempre renegado para o segundo plano e ao improviso permanente.
Digo mais, as próprias instituições de ensino que estão em plena expansão de sala de aula, nem sequer criam espaços e sim eliminam os já existentes há anos com reformas inadequadas a apresentações artísticas. Caros amigos desta terra que nos acolheu, cidade tal qual “Princesinha do Algodão”, Portal do Amazonas… venham conosco somar por uma campanha em prol da nossa cultura, nosso lazer, celebrações da vida, manifestações de liberdade, de voz, canto, seja qual for, mas que tenhamos um espaço cultural de caráter permanente já para esta e futuras gerações.
Muitos podem até dizer que existem coisas mais importantes e urgentes para a sociedade, sei que existem, mas nem por isto devemos ficar reféns das prioridades, por que, elas sempre existiram e quando menos percebermos estaremos velhos e atendido apenas as “prioridades” e deixamos o tempo passar… sem saldo de sonhos vividos…

(*) Jânio Moura, publicitário, cerimonialista, pós-graduado em Psicologia da Educação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here