Ana Sátila Vargas, da cidade de Primavera do Leste: feito histórico na canoagem
Ana Sátila Vargas, da cidade de Primavera do Leste: feito histórico na canoagem

Nunca antes na história da Canoagem Slalom do Brasil um atleta conseguiu chegar tão longe. A mato-grossense Ana Sátila Vargas, da cidade de Primavera do Leste, foi a primeira. A jovem de apenas 19 anos, que iniciou sua carreira naquela cidade, conquistou no sábado passado a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Canoagem Slalom Junior & Sub-23 na Austrália. Sátila fez a prova final do K1 Feminino Junior em 114.28 segundos e conquistou um resultado histórico para o Brasil. Em 1992, o gaúcho Gustavo Selbach, foi bronze no Campeonato Mundial Junior na Noruega.
“Estou muito feliz, é um momento espetacular da minha vida”. Ela agradeceu também o apoio de toda a torcida brasileira. “Muito obrigada primeiramente à minha família e a todos que estavam ali torcendo. Essa medalha é nossa!”.
Na finalíssima, Ana Sátila garantiu o ouro seguida pela australiana Kate Eckhart, prata com 121.77, e pela eslovaca Paulina Matulaniova, medalhista de bronze com 122.19.
A canoísta do Instituto Meninos do Lago já fez história no esporte nacional como a mais jovem atleta da delegação dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, na época com apenas 15 anos, e também foi medalhista de bronze no Campeonato Mundial Sub-23 no ano passado.
O auxiliar técnico da Equipe Brasileira, Guille Diez-Canedo reforça a aposta em Ana: “Faz tempo que ela tem a capacidade para fazer esses resultados e que hoje virou realidade”. Para o treinador da seleção brasileira, Ettore Ivaldi, isso deve ser apenas o início: “Acertamos no potencial, agora necessitamos trabalhar mais e sempre pra frente”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here