Aeroporto maestro marinho franco - estatua - 13-03-12

Com 12 vagas de Agente de Proteção de Aeroporto, a Prefeitura de Rondonópolis realizará Processo Seletivo Simplificado (PSS), visando a seleção de pessoal para contratação por tempo determinado, para o Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco, para atender de acordo com as necessidades e interesse da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito.
As inscrições poderão ser feitas de 23 a 25 de janeiro, no período das 09h30 até 15 horas, na Sede da Prefeitura, na Avenida Duque de Caxias, 526, Vila Aurora. As provas serão no dia 2 de fevereiro, a partir das 8 horas, na Escola Estadual Major Otávio Pitaluga.
A prova será escrita e composta por 25 questões objetivas, com quatro alternativas cada, com apenas uma correta. O resultado será divulgado no dia 7 de fevereiro. O prazo de contratação é de 12 meses, com a possibilidade de prorrogação por igual período ou pelo período exclusivo em que perdurar a condição que ensejou o contrato.
O salário de Agente de Proteção de Aeroporto é de R$ 1.328,11, por 40 horas semanais de trabalho.
O Secretário de Administração, Carlos Vanzeli, diz que o cargo será importante para o desenvolvimento do serviço prestado, no aeroporto municipal. “É um serviço essencial para garantir a continuidade das linhas aéreas na cidade, essa função é uma exigência das empresas por se tratar de uma função importante no dia a dia do aeroporto”, comentou o secretário.
FUNÇÕES
No edital constam as funções do Agente de Proteção de Aeroporto: no dia a dia, eles vigiam dependências e áreas públicas e privadas com a finalidade de prevenir, controlar e combater delitos como porte ilícito de armas e munições e outras irregularidades; zelam pela segurança das pessoas, do patrimônio e pelo cumprimento das leis e regulamentos; recepcionam e controlam a movimentação de pessoas em áreas de acesso livre e restrito; fiscalizam pessoas, cargas e patrimônio; escoltam pessoas e mercadorias; controlam objetos e cargas; vigiam parques e reservas florestais, combatendo inclusive focos de incêndio; vigiam presos; comunicam-se via rádio ou telefone e prestam informações ao público e aos órgãos competentes (Leia mais sobre o aeroporto de Rondonópolis na página A*8 desta edição).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here