Direitos violados

3

Atualmente, nos deparamos com situações comuns de desrespeito ao cidadão, o que se faz mais frequente em órgãos públicos, como hospitais, postos de atendimento, revistas policiais rotineiras, dentre outras.
Vivemos em um país regido por normas, onde contamos com garantias de direitos regulados pela Constituição Federal e, mesmo assim, somos expostos a diversas situações constrangedoras que ferem diretamente os princípios elencados na   Magna Carta.
É comum, em diversos locais de atendimento, a rispidez por parte dos funcionários, o descaso com o cidadão que paga seus impostos e chega a ser tratado por alguns de maneira desigual, até mesmo ao seu traje, ou condição social, esperando por horas em filas sem atendimento.
Sabemos que há um descontentamento por parte dos servidores, na luta constante por melhores salários e forma digna de trabalho. Mas, não se pode aceitar tamanho descaso, pois todos somos iguais perante a lei e, cabe aos nossos governantes, oferecer condições aos mesmos, para  que a população não tenha seus direitos violados, uma vez que elege tais pessoas para que as represente, sempre na esperança de melhoras.
Portanto, cabe aos órgãos competentes a tarefa de fiscalizar os abusos de poder, restabelecer o direito ao cidadão, a dignidade merecida por pessoas descrentes na política do nosso país, que vai às ruas, que reivindica, e não recebe retorno.
Fica sempre a indignação: acreditamos em mudanças? Melhor não alimentar esperanças.

(*) Josiela Hollenbach é bacharel em Direito

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here