Papo Político

2

noPRELIMINARMENTE,
enviamos nossos parabéns ao secretário Municipal de Desenvolvimento,Valdemir Castilho Soares, o “Biliu”, bastante conhecido na cidade e que tem desenvolvido muitas ações na industrialização do município. Biliu está completando nessa data 52 anos de uma vida dedicada ao relacionamento com a comunidade, onde desfruta de imenso prestigio. Enviamos os nossos parabéns e votos de sua existência ainda bastante longa, em companhia dos seus familiares e demais entes queridos.

2-    É IMPOSSÍVEL PREVER

quais serão os maiores atletas do planeta daqui a sete anos. Possível, sim, é saber em que palco eles vão brilhar: o Rio de Janeiro. Em uma sexta-feira histórica para o esporte brasileiro, os cariocas conquistaram em Copenhagen o direito de sediar os Jogos Olímpicos e Para Olímpicos de 2016. Até à cerimônia de abertura serão mais de 2.400 dias, tempo de sobra para viver intensamente cada modalidade, moldar novos ídolos e, acima de tudo, deixar a cidade ainda mais maravilhosa. Superadas as rivais Madri, Tóquio e Chicago, finalmente dá para dizer com todas as letras: o mundo está com o Rio de Janeiro.
O Brasil, que lutava há mais de uma década pelo direito de sediar os Jogos, ganhou a disputa na lágrima, da mesma forma como costuma festejar suas conquistas em cima do pódio em competições mundo afora. Com uma apresentação marcada pelo tom emotivo, o Rio deu a cartada final para convencer os integrantes do Comitê Olímpico Internacional a plantar o movimento olímpico na América do Sul pela primeira vez.
3-    ACABOU O PRAZO
para as mudanças de partido com vistas às candidaturas para o próximo ano. Em Rondonópolis, o vereador Ananias Martins Filho (PR), que estava descontente com o  referido partido e cogitava uma mudança, porque pretendia disputar uma vaga na Assembléia Legislativa, desistiu da mudança e diz que continuará na sigla, mesmos que contrariado.
Com o prazo de mudança vencido, Ananias disse que não pretende mais se filiar a outro partido. De acordo com o vereador, ele iniciou sua vida política no PR e por enquanto permanecerá no partido. “Sou o único vereador que nunca mudou de partido, sou filho do PR e agora não mudo mais de casa”, pontuou.
Mas as declarações de amor fraternal ao partido não perduram muito tempo, pois o vereador ainda está um tanto desiludido com a falta de espaço e oportunidade de crescimento dentro da legenda. “A legislação não me permite mudar, vou continuar no PR e cumprir meu mandato como vereador, não serei mais candidato a deputado e quero que o PR enfie essa vaga de deputado em outro lugar”, desabafou o vereador.
Ananias também é o presidente provisório municipal do PR e disse que está tocando o barco por tempo inderteminado. “A direção municipal continua na minha mão por tempo indeterminado,  e assim vamos levando”, comentou. Sabe-se nos bastidores que o vereador está muito descontente e promete ser uma pedra no sapato de muita gente nas eleições. “Agora, eles vão ter que me agüentar dentro do PR”, frisou.
4-    E CONTINUA OS ERROS
administrativos na gestão do prefeito José Carlos do Pátio (PMDB). Agora foram constatados pela Auditoria Pública Informatizada de Contas (APLIC) em relação a Colônia de Pescadores Z3, que se transformou em um dos maiores fornecedores de serviços e mercadorias da administração, chegando a fechar contratos de locação de ambulância e ônibus para transporte escolar.
A Colônia ainda forneceria medicamentos, seria a responsável por obras de reformas em mini-estádios e ainda receberia pagamentos de diárias de viagem para funcionários. Ao todo já foram lançados mais de 900 empenhos no APLIC desde o início do ano, contabilizando aproximadamente R$ 12 milhões.
DE ACORDO COM
a assessoria de comunicação do prefeito José Carlos do Pátio, devido a um erro só encontrado depois das investigações, a Controladoria Interna do município, responsável pelas informações publicadas no APLIC do Tribunal de Contas do Estado – TCE, esclareceu que os lançamentos: valor empenhado, valor pago, valor liquidado, número do empenho, data do empenho, CPF do credor, CNPJ do credor, tipo de serviço prestado, estão todos corretos, no entanto o item “nome do credor” é a única informação com erro, e a assessoria ainda revelou que o erro foi ocasionado devido a um problema interno da Prefeitura no momento da leitura do cadastro no sistema, durante a transmissão dos dados ao TCE.
A nota de esclarecimento ainda revela que: “Técnicos da Prefeitura e do Tribunal estão trabalhando para solucionar o problema, não implicando em nenhum prejuízo ao poder público municipal”.
Acontece que desde o início da administração de Pátio, outros erros técnicos e administrativos têm causado problemas para a população rondonopolitana. Só a Farmácia de Manipulação do Município já paralisou suas atividades por duas vezes neste ano em conseqüência de um vírus que atingiu a rede de computadores da unidade. No início da gestão um grande número de funcionários contratados tiveram problemas com seus salários, devido a um erro na confecção dos contratos.
Empresas que desejam se instalar na cidade também têm sido vítimas dos erros técnicos e administrativos, como é o caso da Tecelagem Bezerra de Menezes (TBM), que teve suas obras embargadas porque  a Prefeitura não conseguiu emitir a escritura de venda do terreno, o que permitiria a empresa conseguir junto aos órgãos ambientais as licenças prévia e de instalação.
O caso mais grotesco de erro administrativo aconteceu no mês passado, quando o proprietário de um imóvel locado à prefeitura, onde funciona o Posto de Saúde da Família do bairro Cidade Alta, fechou o local por falta de pagamento dos aluguéis. Na ocasião foi revelado que os pagamentos estavam em atraso devido ao sumiço do contrato firmado entre a prefeitura e o locador.
Pelo tempo da administração (nove meses), acreditamos que já era hora de problemas como esses não mais acontecer.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here