Secretaria de Estado vai periciar casos com morte

1
Alencar Libano de Paula, esclareceu, via assessoria de imprensa, que nenhum dos casos foi confirmado pelo Município
Alencar Libano de Paula, esclareceu, via assessoria de imprensa, que nenhum dos casos foi confirmado pelo Município

Os dois casos de morte com suspeita de dengue hemorrágica, registrados em Rondonópolis, nos últimos dias, vão ser analisados pela perícia médica da Secretaria de Saúde do Estado. O coordenador do Departamento de Saúde Coletiva do Município, Alencar Libano de Paula, esclareceu, via assessoria de imprensa, que nenhum dos casos foi confirmado pelo Município.

Alencar Libano anunciou, através de informação enviada à imprensa, que uma médica especialista em doenças endêmicas vai permanecer na cidade, na sexta-feira e sábado, dias 15 e 16 de maio, para fazer a perícia no laudo médico da moradora da Vila Ipê, de 30 anos da idade, que faleceu na semana passada.

Outro caso de suspeita não confirmada é do paciente da Santa Casa que morreu vítima aos 78 anos, depois de permanecer 15 dias internados com uma série de complicações. Há informações que o paciente sofria com doenças cardíacas, diabetes e insuficiência renal, quando precisou ser internado e apresentou sintomas da dengue.

A perita médica do Estado tem a missão também de fazer um treinamento com médicos e enfermeiros da rede de saúde pública do município. O interesse é preparar os profissionais para fazerem a identificação e diagnóstico de doenças, como a dengue.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here