O verdadeiro espírito natalino

0

Estamos próximos do Natal, data na qual a comunidade cristã celebra o nascimento de Jesus Cristo. O verdadeiro espírito desta data não é a festividade com a fartura da ceia. A melhor comemoração é quando se estende a mão ao irmão necessitado, ao lar com a despensa vazia. Com este sentimento fechamos o ano de 2008 com uma arrecadação recorde de alimentos na campanha Natal das Crianças. Campanha esta que no seu sexto ano consecutivo alcançou mais de 3 milhões de quilos e possibilitou levar comida a mais de 150 mil famílias necessitadas em todo o Mato Grosso.

O Governo do Estado ao lado dos seus incansáveis parceiros do Lions, do Rotary, da Maçonaria, das Igrejas, do movimento comunitário, do empresariado local e até de outros estados do país e é claro dos milhares de cidadãos anônimos movimentaram uma corrente de solidariedade em prol do cidadão.

Mesmo em um ano de crise todos se uniram e doaram um pouco para quem não tem nada. Os alimentos já começam a chegar até a mesa das milhares de famílias carentes que compõem o cadastro da campanha este ano, além das instituições filantrópicas, as comunidades indígenas e quilombolas. Isso demonstra o quanto o povo de Mato Grosso é solidário e suficientemente forte para amenizar a adversidade social, para olhar pelo irmão mais necessitado. Quando olhamos para os rostos destas pessoas, felizes ao receber os alimentos, sentimos reconfortados e certos de que o dever foi cumprido, que todas as horas de trabalho sem descanso foram recompensadas e valeram a pena.

Mato Grosso é um estado campeão em produção e produtividade de grãos e com o maior rebanho bovino nacional, mas ainda há famílias carentes que dependem de ações assistenciais iguais ao “Natal das Crianças”.

Trabalhamos para reduzir as desigualdades sociais, para assegurar renda mínima que impeça o cidadão de viver abaixo da linha da pobreza. Porém, há ainda milhares de pessoas que dependem de doações, que vivem com a urgência de se alimentar.

Quero agradecer a todos que não mediram esforços e nos ajudaram a levar um pouco de aconchego e acalento a milhares de comunidades carentes. Foi emocionante presenciar um enorme espírito de solidariedade e de confraternização que tomou conta de todo o nosso Estado. Todos juntos, unidos, com a mesma intenção.

Que os sentimentos de carinho, amizade, fraternidade e de amor ao próximo sempre falem muito mais alto do que a ganância, o individualismo, o rancor, o egoísmo. É o que desejo para todas as famílias mato-grossenses neste Natal e para o ano de 2009.

(*) Terezinha Maggi é secretária de Estado de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here