Dezembro: mês abençoado

0

O mês de dezembro é marcado por muitas festas e presentes. Para os cristãos significa viver a expectativa do “Presente” por excelência: Jesus o Salvador, o Messias, o Deus-Conosco.

Recordamos não somente a primeira vinda de Jesus, mas também anunciamos a sua segunda vinda, muito mais gloriosa. Se na primeira houve grande sofrimento, na segunda se manifestará a coroa da sua realeza divina. Na sua primeira vinda, Jesus foi revestido em faixas e reclinado num presépio; na segunda, Ele será revestido num manto de luz. Nós, Igreja, não nos detemos somente na sua primeira vinda, mas esperamos ansiosamente o seu retorno glorioso. Como na primeira vez, o aclamaremos no momento de sua chegada, quando com os anjos formos ao seu encontro para adorá-lo, dizendo: “Bendito o que vem em nome do Senhor”.

Para realizar um desígnio de amor por parte do Pai, em sua primeira vinda Ele ensinava a todos com sabedoria. No fim dos tempos, querendo ou não, todos se verão obrigados a se submeter ao seu reinado. A Bíblia nos fala dessas duas vindas de Jesus: “A graça de Deus se manifestou trazendo salvação para todos os homens. Ela nos ensina a abandonar a impiedade e as paixões mundanas e a viver neste mundo com equilíbrio, justiça e piedade, aguardando a feliz esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo” (Tt 2 11-13). Nosso Senhor virá dos céus – e virá glorioso.

Com entusiasmo e alegria, somos convidados a testemunhar essa nossa esperança. Esta nossa fé precisa se tornar “o presente” que oferecemos a todos os homens e mulheres de boa vontade.

(*) Luzia Santiago é co-fundadora da Comunidade Canção Nova

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here