BOI: abates reduzidos diante da demanda fraca estabilizam preço

0

Confirmando previsões feitas na sexta-feira (6), por analistas de SAFRAS & Mercado, de acomodação de preços nesses próximos 10 dias, o mercado físico brasileiro de boi gordo teve uma semana de poucos negócios e de preços estáveis na maior parte das regiões produtoras.

Em Mato Grosso do Sul, a arroba foi negociada a R$ 58/59,00 na quinta-feira, para pagamento em 30 dias, sem alteração se comparado à semana anterior. Em Goiás, preços ficaram em R$ 59,00 arroba, repetindo a última sexta-feira (06). Em Minas Gerais, mercado firme em R$ 60,00 arroba para pagamento em 30 dias, com frigoríficos indicando escalas até a próxima segunda-feira (16). No sul de Mato Grosso, mantida indicação a R$ 56,00 arroba de início da semana.

No atacado paulista da carne, preços ficaram estáveis, predominando a ausência de negócios de volume. A expectativa é de uma semana difícil diante do menor abate nas principais plantas e da pouca demanda no varejo, comenta o analista de SAFRAS.

1 COMENTÁRIO

  1. Aqui em Rondonópolis a carne teve aumento estratosférico nos açougues e nos supermercados. A alegação é de que estão simplesmente fazendo repasse do aumento da carne que vem dos frigoríficos. Entendemos ser o aumento abusivo e seria bom que o Procon desse uma olhada. Aliás, tudo está subindo nos supermercados de modo acelerado e ninguém fiscaliza nada. Antes, quando algo subia de preço era porque o dólar estava alto e agora que está em baixa, qual é a explicação? Alguém está levando muita vantagem nisso tudo. A ganância continua falando mais alto.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here