O zagueiro italiano Fabio Cannavaro foi anunciado nesta segunda-feira o vencedor da Bola de Ouro, prêmio dado pela revista francesa France Football desde 1956 ao melhor jogador europeu da temporada. Foi apenas a confirmação, pois na semana passada havia vazado a informação de que o jogador do Real Madrid ganharia o prêmio.

O zagueiro, que deixou a rebaixada Juventus de Turim no início desta temporada, teve atuação destacada neste ano principalmente pela conquista da Copa do Mundo pela seleção italiana, quando foi capitão do time. Na premiação da Bola de Ouro, o goleiro italiano Gianluigi Buffon, da Juventus, ficou em segundo e o atacante francês Thierry Henry, do Arsenal, em terceiro.

Cannavaro Ã(c) o quarto jogador italiano a receber a honraria. O meia Gianni Rivera, em 1969, o atacante Paolo Rossi, em 1982, e o meia-atacante Roberto Baggio, em 1993, foram seus antecessores. A Itália tinha sete candidatos ao título deste ano. AlÃ(c)m do vencedor e de Buffon, Fabio Grosso, Luca Toni, Gennaro Gattuso, Andrea Pirlo e Gianluca Zambrotta tambÃ(c)m estavam na lista.

Dentre os brasileiros, Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Juninho Pernambucano e Cris concorriam à Bola de Ouro de 2006.

Em entrevista, o italiano encontrou um motivo a mais para valorizar a Bola de Ouro. Ele lembrou da dificuldade de faturar o prêmio sendo um zagueiro.

“Estou muito feliz. É um sonho que persegui durante toda minha vida, porque, para um jogador de defesa, Ã(c) muito difícil ganhar”, destacou.

Gazeta Esportiva