Comemoração no Clube Gourmet do Bolinha

    No mês que se comemora o Dia dos Namorados (12/06), a Diretoria do Clube do Bolinha promoveu em sua sede, um Jantar para todos os sócios com as esposas, para brindar essa data comemorativa.
    No mês de junho o Clube do Bolinha também comemora seu 17º aniversário de fundação, pois teve início as suas atividades em junho de 2000, na época se reunindo no NovoHotel Rondonópolis.
    Para registrar essas datas, nós estamos dedicando esta edição do Show em Negócios, para parabenizar a todos os casais, e ao nosso Clube Gourmet do Bolinha, pelos anos de Convivência, Amizade, Carinho, Respeito, Igualdade, Alegria e a Liberdade de Expressão e Opinião que todos os sócios e convidados têm no nosso Clube.

    WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.12.42 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.12.43 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.36 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.38 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.38 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.39 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.39 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.40 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.41 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.42 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.16.42 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.44 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.45 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.46 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.48 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.50 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.51 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.51 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.52 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.17.52 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.18.33 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.18.34 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.18.34 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.18.35 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.18.35 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.18.36 (1) WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.18.36 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.19.22 WhatsApp Image 2017-06-16 at 13.20.16



    Homenagem Do Show em Negócios ao Dia dos Namorados

    HOMENAGEM DO SHOW EM NEGÓCIOS AO DIA DOS NAMORADOS

    Flávio Ceará e Ana Maria

    Flávio Ceará e Ana Maria



    Plano Agrícola e Pecuário atende demanda num cenário impreciso

    Plano Agrícola e Pecuário

    A  Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat) acompanhou o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário realizado pelo presidente da República Michel Temer e o ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) na manhã de quarta-feira (07), no Palácio do Planalto. Estiveram presentes os senhores, Gutemberg Silveira (Presidente), Carlos Ernesto Augustin (vice) e o produtor Lucindo Zambini Jr.
    De acordo com o Mapa, são R$ 190,25 bilhões destinados ao Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018, por meio do qual médios e grandes produtores poderão acessar o crédito rural, entre 1º de julho de 2017 e 30 de junho de 2018.  Dados divulgados pelo Mapa mostram que o volume de crédito para custeio e comercialização é de R$ 150,25 bilhões.



    8ª edição da Festa das Nações

    DCIM100MEDIADJI_0014.JPG DCIM100MEDIADJI_0029.JPG

    Aconteceu neste final de semana (na sexta e ontem, sábado) a 8ª Festa das Nações, o tradicional festival gastronômico que reúne cultura e solidariedade levando ao público os principais pratos de países e regiões brasileiras. Com foco na arrecadação de fundos para manutenção da Comunidade Terapêutica Divina Providência, a festa foi realizada com sucesso graças à solidariedade da população de Rondonópolis, o empenho e muito trabalho dos colaboradores voluntários.
    Segundo o coordenador da Festa das Nações neste ano, Odair Barbosa, ao todo foram disponibilizados 10 mil ingressos, sendo cinco mil para o primeiro dia da Festa e outros cinco mil para o segundo.
    A festa foi realizada na Associação da Fundação Mato Grosso, e nós do Show em Negócios sempre apoiamos e divulgamos essa Festa desde a sua primeira edição, sabemos da importância desse evento para manter a Comunidade Divina Providência em funcionamento, pois lá eles não recebem ajuda do Governo.

    IMG_4008 IMG_4060



    PECUÁRIA: Nutripura realiza simpósio

    Confinamento

    Confinamento

    Foi realizado no dia 3 de junho, no Centro de Pesquisas Nutripura (CPN), no município de Pedra Preta (MT), o Dia de Campo da parte prática da programação do Simpósio aonde os participantes tiveram a oportunidade de conhecer o modelo do sistema de produção desenvolvido no CPN e de que forma a tecnologia tem impactado de forma positiva a produção pecuária.
    O Simpósio começou na quinta-feira (01.06) com a programação de palestras e mesa redonda.
    Criado em 2015, o Centro de Pesquisa Nutripura possui um conselho técnico formado por pesquisadores da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ/USP), da Universidade Federal de Goiás (UFG) e da Universidade do Kansas (EUA). Todos os pesquisadores estiveram presentes nos dias do Simpósio, e mostraram como a pesquisa vem sendo desenvolvidas e alcançadas resultados satisfatórios.



    Com recursos do Fethab, Sinfra revitaliza estrada entre Chapada e Campo Verde

    MT_251

    Com recursos 100% oriundos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), foram revitalizados 61 quilômetros da Rodovia Clarismundo Scheffer (MT-251), no trecho entre a cidade turística de Chapada dos Guimarães e o entroncamento com a MT-140 (região do Posto Gardez), que dá acesso ao município de Campo Verde.
    O Governo fez investimento na ordem de R$ 9,1 milhões para mudar a realidade da rodovia, que antes se encontrava com diversos trechos danificados devido à falta de uma revitalização de maior qualidade nos anos anteriores. “A conclusão dos trabalhos está prevista para o segundo semestre deste ano. Até o momento, dos 61 km da rodovia, já foram revitalizados 43 km.
    De acordo com informações técnicas repassadas pela Sinfra, a rodovia passou por um reperfilamento e posterior aplicação da camada de microrevestimento para recuperar o pavimento existente. “Nos trechos críticos fizemos uma recuperação do antigo pavimento, prolongando sua vida útil. Atualmente, são feitos serviços de sinalização da rodovia”.



    Encontro de Empresários da Área de Alimentos

    Iº Encontro de Empresários da Área de Alimentos

    Iº Encontro de Empresários da Área de Alimentos

    Aconteceu o Iº Encontro de Empresários da Área de Alimentos realizado em Rondonópolis. O evento teve início no dia 30/5 com a palestra “A importância das boas práticas na redução de custos”, com a nutricionista de São Paulo, especialista e auditora de Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar, Elaine de Araújo.
    Também foi ministrado pela nutricionista o curso “Higiene e segurança na manipulação de alimentos”, que tem como público-alvo empresários e colaboradores que lidam diretamente na produção de alimentos. Durante o curso foram abordados temas como a higiene pessoa, estética, asseio e postura para manipuladores de alimentos, DTA´s (Doenças Transmitidas por Alimentos), os pontos críticos na manipulação de alimentos e contaminação cruzada, manejo do lixo e outros dejetos, entre outros aspectos, que mostram na prática a complexidade da cadeia produtiva de alimentos.



    Feirão de veículos

    Feirão de veículos Sicredi 02

    A cooperativa de crédito Sicredi Sul MT realizou nos dias 02 e 03 de junho um Feirão de Veículos Novos, com a participação de 12 concessionárias apresentando 13 marcas e taxas a partir de 0,99%. Na sexta-feira o evento aconteceu das 13 h às 18 h e no sábado das 8 h às 14 h no estacionamento da Unidade Sicredi da Vila Aurora, na Avenida Fernando Corrêa da Costa.
    O evento foi aberto ao público em geral e no local estava uma equipe de colaboradores do Sicredi Sul MT para fazer análise de crédito. Vale ressaltar que o crédito disponibilizado pela cooperativa não foi somente para associados.
    A iniciativa busca por meio da parceria com as concessionárias disponibilizar linhas de créditos e facilitar a aquisição de veículos para o consumidor. Uma oportunidade que agrega praticidade e fáceis condições de pagamento. Para diretora de Negócios do Sicredi Sul MT, Denise Freitas, o Feirão foi uma oportunidade única para quem deseja trocar ou adquirir um veículo novo.

    Feirão de veículos Sicredi

    Feirão de veículos Sicredi



    A visita do governador a Rondonópolis

    Visita do governador Pedro Taques

    Visita do governador Pedro Taques

    O governador Pedro Taques inaugurou, na terça-feira (23.05), a reconstrução de duas obras na região Sul. A primeira compreende 24 km da Rodovia do Peixe (MT-471), em Rondonópolis. A segunda corresponde aos 29 da MT-270, em São Lourenço de Fátima, distrito de Juscimeira.
    A MT-270, conhecida como Estrada Verde, será uma alternativa para o tráfego de veículos no trecho entre Cuiabá e Rondonópolis. A distância percorrida pelos motoristas seria de apenas 9 km a mais do que pela rodovia BR-364. A estrada ainda fomentará o turismo nos municípios de Santo Antônio do Leverger e Barão de Melgaço, passando pela região do pantanal mato-grossense.
    De acordo com o Secretário de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso, Marcelo Duarte, 77 km das obras da rodovia até Barão de Melgaço estão em andamento, divididos em três lotes.
    Ainda durante a visita, o governador Pedro Taques assinou algumas ordens de serviços para elaboração de projetos para futuras obras de pavimentação asfáltica, outras ordens de serviços foram assinadas para a construção da ponte na avenida W-11, no bairro Colina Verde, sobre o Rio Vermelho, e fez o lançamento da implantação da Unemat em Rondonópolis.



    FEBRE AFTOSA: Pecuaristas devem comunicar vacinação ao Indea

    Foto: Chico Valdiner- GcomMT

    Foto: Chico Valdiner- GcomMT

    Pecuaristas de todo o Estado estão mobilizados na vacinação de bovinos e bubalinos contra febre aftosa. A vacinação começou no dia 1º de maio e o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) está convocando os pecuaristas para fazerem a comunicação ao Instituto, tão logo a vacinação seja feita na propriedade, evitando assim filas e congestionamento do sistema. A expectativa é que 30 milhões de animais sejam imunizados no Estado até o próximo dia 31 de maio, com exceção do Pantanal.
    A diretora técnica do Indea, Daniella Bueno, explica que, embora a notificação possa ser feita até o dia 12 do próximo mês (junho), todos os 141 postos do Indea (localizados em todos os municípios do Estado) já estão recebendo a documentação.
    Daniella Bueno explica que após a vacinação é feito um inventário de todo o rebanho que deve ser entregue, junto com a nota fiscal de compra das vacinas, a um escritório do Indea.
    Sanção – Caso não faça a declaração da vacinação do rebanho até o dia 12 de junho, a ficha sanitária da propriedade fica bloqueada, o que faz com que o pecuarista fique proibido de movimentar os animais.
    “Já se a vacinação não foi feita, o dono da propriedade é multado em 1 UPF (Unidade Padrão Fiscal) para cada animal não vacinado”. Além da multa, o pecuarista, nesses casos, tem 72 horas (após a fiscalização) para realizar a vacinação com a presença de um técnico do Indea.
    O presidente do Fesa, Marco Túlio Duarte Soares,  destaca, Mato Grosso tem cerca de 105 mil propriedades com bovinos e é considerada área livre de febre aftosa com vacinação há mais de 10 anos. A previsão é de que até 2021 o Estado seja considerado zona livre de aftosa, sem vacinação.



    Confraternização no Pantanal

    Expedição Pantanal 3

    Expedição Pantanal 2Familiares juntamente com alguns Amigos realizaram mais uma confraternização em uma pescaria, que acontece por vários anos na região do Rio Itiquira / Rio Piquiri.
    A Pescaria em si não foi das melhores, em termos de peixes, mas em compensação o descanso Mental, Amizades, a Confraternização entre Familiares e Amigos prevaleceu com muita Alegria. Com certeza foi divertido e valeu a pena enfrentar a estrada com muita lama, chuva, atoleiros, areões. Foi com Coragem e Adrenalina que encaramos esse Rally, um trecho de aproximadamente 190 km de chão aonde na ida foram quase 7 horas de viagem, e na volta levamos quase 11 horas pra chegar a Rondonópolis. Mas como diz um Velho Ditado: A Felicidade muitas vezes não está só no Destino! Mas também no Percurso!
    Em nome de todos, manifesto a Gratidão e nossos Sinceros Agradecimentos pela Oportunidade que nos foi concedida mais uma vez!
    Lembramos a todos os Pescadores Amadores e Profissionais que, o período de defeso da Piracema para todos os Rios de Mato Grosso, terá início no dia 1º de Outubro e será liberada em 1º de Fevereiro de 2018. Serão 4 meses de proibição da Pesca nas Bacias Hidrográficas do Rio Paraguai, Amazonas e Araguaia/Tocantins.CONFRATERNIZAÇÃO NO PANTANAL Expedição Pantanal 4



    Em meio a crise, profissão de corretor de imóveis cresce 30% em Mato Grosso

    Foto: Divulgação

    Foto: Divulgação

    Os últimos três anos não tem sido os melhores para quem atua no mercado de trabalho brasileiro. O país já soma 14,2 milhões de desempregados, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) mas, mesmo em época de crise econômica, uma profissão tem ganhado destaque e crescido em todo o Brasil: a de corretores de imóveis.
    Em Mato Grosso, cerca de 5.400 pessoas atuam no mercado de corretagem. Desse total, 50% (2.700) trabalham na capital. Nos últimos 3 anos, o número de inscritos no Conselho Regional de Corretor de Imóveis de Mato Grosso (CRECI), 19ª Região, condição essencial para atuar no mercado, cresceu 30%.
    Formação – Para ser um corretor de imóveis é necessário passar por cursos de formação para, só depois, ser habilitado pelo Creci para exercer a profissão.  Hoje, o mercado oferece cursos técnicos de transações imobiliárias. Algumas instituições  oferecem a formação que, em média, dura sete meses. O profissional também pode ser um tecnólogo na área.
    Com status de curso superior, os cursos tecnológicos duram dois anos. Há ainda a possibilidade de buscar outras especializações como o de perito imobiliário e avaliação imobiliária. “São cursos que agregam ao profissional, aumentando seu leque de atuação”, explica o presidente do Creci.



    Festival Braseiro se consolida como um dos maiores churrascos de carnes nobres

    Festival Braseiro em Cuiabá

    Festival Braseiro em Cuiabá

    Com participação de três mil pessoas, o 2º Festival Braseiro–Cuiabá se consolidou como um dos maiores churrascos de carnes nobres do Brasil, com mais de 4 toneladas de carnes preparadas em 40 estações, por 240 assadores. Tudo isso em nome da solidariedade e da divulgação da carne bovina mato-grossense.
    O Governador  Pedro Taques, avaliou que o Braseiro foi uma grande oportunidade para mostrar o quanto a carne produzida no Estado é forte. “Fiz questão de comparecer para prestigiar a carne de Mato Grosso. Já fizemos um evento em Brasília para valorizar a nossa carne e vamos fazer em São Paulo para mostrar que nossa carne é forte. A iniciativa da criação do Braseiro está de parabéns”.
    Só tenho a agradecer a todos que empenharam esforços e dedicação de oferecer seu trabalho voluntariamente, em nome de causas nobres, a solidariedade e a valorização de um produto que traz tantas riquezas para este Estado, que é a carne bovina. O sucesso do Braseiro me reafirma que vale a pena apostar no bem e contar com pessoas que estão dispostas à fazer sempre o melhor”, destacou o presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) e idealizador do Festival Braseiro, Marco Túlio.
    Beneficente – Todo o lucro do Braseiro será doado para as instituições Associação da Divina Misericórdia e Lar Benedito da Cura, ambas com atividades filantrópicas em Cuiabá. Em nome da solidariedade o Braseiro contou com a ajuda de cerca de 400 voluntários que empenharam esforços pela realização do evento.
    O 2º Festival Braseiro foi realizado no sábado (6) no Centro de Exposições Senador Jonas Pinheiro, da Acrimat e teve 10h de duração. Esta foi a primeira edição realizada em Cuiabá, sendo que a primeira no MT foi promovida em Rondonópolis, em novembro de 2016.



    Festival de quadrilhas

    festival de quadrilha

    Rondonópolis se prepara para receber nos dias 27 e 28 de maio, a 1ª etapa Festival de Quadrilhas do Vale do Araguaia (Festrilha) 2017. O evento é promovido pela Federação Mato-grossense de Quadrilhas (FMTQ) com o apoio da Prefeitura de Rondonópolis, Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e Assembleia Legislativa e será realizado no Espaço “Rio Vermelho Vivo”, no bairro Jardim Ipanema.
    Conforme a organização do evento, seis equipes juninas devem participar do festival: Império Junino (Rondonópolis), Pavio de Candieiro (Rondonópolis), Caipiras Unidos (Rondonópolis), Grande Rio (Rondonópolis), Matutada (Campo Verde) e Os de Fora (Tangará da Serra).
    O festival terá início às 20h nos dois dias, a entrada será gratuita e contará com apresentações e shows locais.
    De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, as equipes estão sem empenhando para que o evento ocorra dentro do programado. O Espaço Rio Vermelho Vivo está recebendo uma reforma para ser o cenário do maior festival de quadrilha do Estado e também de outras ações que otimizem o local. O espaço é considerando amplo para as apresentações e para comportar o público, pois possui arquibancada disponível para 3400 pessoas.
    Nos dois dias de festa são aguardadas cerca de cinco mil pessoas. Os quatro melhores de cada etapa classificatória avançam para a final. No dia 02 e 03 de junho, o Festival segue para o polo de Araguainha, seguido por etapas classificatórias em Porto Alegre do Norte (9 e 10 de junho) e Bom Jesus do Araguaia (16 e 17 de junho). A grande final ocorre em General Carneiro, nos dias 30 de junho e 1 e 2 de julho e premiará as cinco melhores equipes participantes. A premiação soma quase R$ 50 mil.
    Este é o 2º ano que as equipes da região Sul participam do evento. No ano passado, a equipe Império Junino foi campeã da etapa estadual do Festival de Quadrilhas do Vale do Araguaia (Festrilha).



    Observatório Social: um fiscal da sociedade

    Flávio Ceará, Dra.Shirlei Mesquita e Marcos Baraldi

    Flávio Ceará, Dra.Shirlei Mesquita e Marcos Baraldi

    O Show em Negócios recebeu a visita da Presidente do Observatório Social de Rondonópolis, Dra. Shirlei Mesquita, acompanhada do Coordenador Marcos Baraldi, e durante a visita a presidente concedeu uma entrevista exclusiva ao jornalista Flávio Ceará, para falar sobre a importância e os serviços desempenhados pelo Observatório Social, que precisa ser divulgado e apoiado pela sociedade civil organizada de Rondonópolis.
    A idéia de Observatório Social surgiu na cidade de Maringá, diante de um caso de escândalo de corrupção praticado pelo prefeito, fazendo com que as pessoas se reunissem e pensassem numa forma de atuar para evitar os desvios e desperdício do dinheiro público, de forma preventiva, já que depois de ocorrido os desvios, dificilmente consegue recuperá-los. Assim, a metodologia foi implantada em 2006 e espalhou-se rapidamente por várias cidades no país, estando instalado hoje em 108 cidades em 19 Estados Brasileiros. Em Rondonópolis, foi fundado o Observatório Social em 2009 e desde então, vem encontrando dificuldades de exercer todos os programas que se propõe por falta de apoio financeiro, necessário para manter uma estrutura de trabalho e da adesão de voluntários. Contudo, a ideia é tão promissora e dá resultados que basta ver que com poucos recursos, o Observatório Social de Rondonópolis já apresentou muitos resultados. O principal programa de atuação é o acompanhamento das licitações, procedimento obrigatório para a contratação de serviços e produtos fornecidos por empresas que concorrem para que o Município possa contratar o melhor pelo menor preço. Ao acompanhar as licitações, podemos detectar falhas e alertar o Município, zelando pela melhor contratação. Também acompanhamos a execução de obras públicas, elegendo este tipo de licitação em razão da pouca quantidade de pessoas para realizar o serviço de observação. Depois de assinado o contrato e iniciada a obra, acompanhamos sua execução, procuramos verificar se está de acordo como que consta no contrato e a qualidade do serviço que está sendo executado. Acompanhamos os pagamentos que vão sendo realizados e apontamos para a própria Prefeitura eventual irregularidade ou falha que observamos. Acaso não haja a correção dos erros, em situação que potencialmente cause prejuízo aos cofres públicos, é encaminhado ofício para as autoridades que têm competência para agir, como o Ministério Público e o Tribunal de Contas, que tomarão as providências previstas em lei. A diretoria do Observatório é composta exclusivamente por voluntários que não recebem qualquer tipo de remuneração e não possuem vinculação político-partidária, sendo que não ser filiado a partido político é uma condição para ingressar no Observatório. Compreendemos que somente com a participação da sociedade, acompanhando os atos da Prefeitura e da Câmara de Vereadores, exigindo a retidão e boa aplicação do dinheiro público é que conseguiremos transformar nossa cidade em um local que seja bom para todos.