A força do dinheiro

Num piscar de olhos a Usina​ Sonora (usina de cana) instalada no município de Sonora/MS, conseguiu uma rotatória na BR 163 ali próximo ao posto fiscal da divisa dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, para que seus caminhões carregados de cana atravessem a BR sem maiores perigos.

Ouro Branco do Sul, localizado a 110 quilômetros do Município de Itiquira, região Sul de Mato Grosso, que fica às margens dessa mesma BR-163, e a uma distância de 4 km dessa obra citada acima, com uma população de mais de 5.000 mil habitantes (a maioria remanescentes da antiga e saudosa Fazenda Plantações Edouard Michelin), não consegue uma rotatória dessas há anos. E olhe que tem um deputado estadual que foi prefeito de Itiquira, e que, segundo diz a lenda, até tentou trazer ou fazer essa rotatória no Ouro Branco mas até hoje não conseguiu.

A questão ora posta é que esse Distrito é um potencial produtor de grãos (soja, milho e algodão) para o Município. Mas infelizmente não recebe a contra partida da cidade mãe que é a manutenção das estradas que escorrem os produtos agrícolas, e principalmente a implantação do tão sonhado asfalto dos restantes 30 km do trecho da MT 299.

Mas a indignação dos moradores (queira esse subscritor não estar enganado) é o fato desse próspero Distrito não ter uma rotatória ou viaduto próximo à sua entrada principal. Explicando, quem vem de Campo Grande pela BR 163 e quer entrar no Distrito de Ouro Branco do Sul, se não entrar no primeiro viaduto que fica há aproximados 600 metros terá que seguir mais de 15 km a frente para fazer o retorno na praça de pedágio.

Quem quer sair da cidade do Distrito de Ouro Branco para ir em direção à capital do estado de MT (tipo Rondonópolis), terá que seguir em direção ao estado de MS (tipo Campo Grande) por uma distância de aproximados 600 metros por uma estrada vicinal para depois atravessar o viaduto e voltar no sentido de Cuiabá pela BR 163. É um Deus nos acuda!

A população do Ouro​ Branco do Sul não deve ficar nessa passividade. Que se manifeste. Ou através das mídias, ou através do boca a boca para que um dia alguém (algum gestor sério) ouça os reclamos e providencie​ a construção​ desse viaduto que irá escoar facilmente os moradores em direção a Cuiabá.

Outro norte é conseguir arrecadar uns 250 milhões para que a concessionária que explora a rodovia BR 163, construa essa tão sonhada rotatória.

(*) Saulo Moraes é advogado com escritório no Distrito de Ouro Branco do Sul

7 COMENTÁRIOS

  1. Caso os políticos, de modo geral, deixassem de roubar, o Brasil seria um El Dorado, tudo funcionando às mil maravilhas e o salário mínimo poderia estar em torno de R$ 4.000,00 . Utopia, não!!! Realidade.

  2. O Brasil que eu quero !!! que os gestores públicos deêm , dignidade , respeito aos cidadãos de bem , só aplicação aos direitos emanados na constituição federal , tão simples , porém , esquecidos pelo poder público . “ o todo o poder emana do povo “ não esqueçam ?

  3. Essa rotatória é apenas mais um descaso com a população.

    Quanto a passividade da população… como a matéria mesmo diz “a força do Dinheiro” infelizmente o dinheiro compra tudo !

  4. Uma localidade dessa, tão importante para a economia do estado, merece uma maior atenção das autoridades governamentais. Boas estradas e manutenção adequada se fazem necessárias para a devida circulação dos caminhões que fazem o carregamento dos produtos agrícolas. O alerta feito nesta matéria é, sem dúvida, um grande “start” , no sentido de que todos os interessados saíam da inércia e se sintam motivados à resolução de assuntos vitais para a comunidade. Jorismar Brito

  5. Enquanto tiver uma Andorinha fazendo verão, a ESPERANÇA existe e a vida continua, as lutas não morre e nada será em vão para nós, … (Adaildes A. Moreira).

    Parabéns Saulo!

  6. Um descaso não somente com a população do município de Itiquira “ Ouro Branco” mas com todos que transitam diariamente pela Br 163, digo isso pois de vez em quando preciso ir até Sonora buscar meu filho e na volta ele pede para pararmos no posto de gasolina de Ouro Branco para comer ou usar o banheiro, ou até mesmo abastecer, mas infelizmente não dá pois não tem a devida rotatória assim temos que seguir até Rondonópolis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here