Após derrota, União foca nas quartas de final

Após perder para o Cuiabá (foto), o próximo compromisso do União na nova fase é contra o Operário

Da Reportagem

Classificado para as quartas-de-final do Campeonato Mato-grossensse de Futebol, o União Esporte Clube enfrenta o Operário varzea-grandense no próximo domingo (18), no Luthero Lopes, a partir das 15 horas, no primeiro confronto válido pela nova fase da competição. O Colorado rondonopolitano jogou no último domingo (11) contra a equipe do Cuiabá, e perdeu pelo placar de 1 a 0, mas, mesmo assim, passou para a fase seguinte, tendo concluído a primeira fase em quinto na tabela de classificação.
O jogo de volta do União nas quartas-de-final contra o Operário será na Arena Pantanal, em Cuiabá. As equipes se enfrentam no próximo dia 24 pelo segundo jogo dessa nova fase.
Além do União, que passou da primeira fase em quinto na tabela, com 15 pontos, e do Operário, que se classificou em quarto na tabela, com 15 pontos, também se classificaram para as quartas as equipes do Cuiabá, que se classificou em primeiro na primeira fase, com 25 pontos, o Sinop, que se classificou em segundo lugar, com 19 pontos, Luverdense, terceiro na tabela, com 17 pontos, Mixto em sexto, com 6 pontos, o Araguaia ficou em sétimo, com dois pontos, e o Ação se classificou em último lugar, com apenas um ponto.
As equipes do Dom Bosco e Poconé foram penalizados por irregularidades na escalação de jogadores e disputarão a série B do estadual no ano que vem.

Luthero em
péssimas condições
Além de ter sido motivo da antecipação do horário do jogo do último domingo, entre Cuiabá e União, por conta da deficiência no seu sistema de iluminação, o Estádio Municipal Luthero Lopes foi duramente criticado por todos os profissionais de imprensa que tentaram cobrir a última partida realizada no estádio, pois a cabine da imprensa está com uma cobertura improvisada em alguns dos boxes, mas a maioria delas está sem cobertura nenhuma e, como choveu durante a realização do jogo, muitos jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos ficaram apavorados com a possibilidade de perderem seus caros equipamentos de trabalho, pois a chuva molhou tudo e a todos que estavam cobrindo a partida no local.
A falta de estrutura apropriada, como a falta de uma cobertura para as arquibancadas, a iluminação noturna que não funciona e a precariedade da cabine de imprensa, tem criado uma péssima imagem da cidade, que é uma das mais ricas do Estado, mas sofre com a falta de uma estrutura adequada para sediar jogos como os do Estadual, levando parte da imprensa especializada local a sugerir que seria melhor o União mandar seus jogos em outra cidade, onde seja oferecida uma estrutura melhor para jogadores e profissionais de imprensa fazerem seu trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here