Comando da PM pretende reforçar policiamento em distrito

Comandante do 5ª Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel PM Adnilson de Arruda: “nossas guarnições estão aptas a realizarem rondas naquele distrito” – Foto: Arquivo

O comandante do 5ª Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel PM Adnilson de Arruda, declarou ontem (22) à reportagem que a falta de policiamento no Distrito de Nova Galileia tem solução. “As nossas guarnições estão aptas a realizarem rondas naquele distrito. Reconheço que as rondas são poucas devido a distância daquela comunidade de Rondonópolis. No entanto, ao longo destes meses, não recebemos qualquer reclamação dos moradores. Sempre que somos acionados em caso de ocorrência estamos prontos para atender, mas nestas últimas ocorrências delatadas pelos moradores de lá, não fomos informados”, disse o tenente-coronel.
Ele explica que está disposto a reunir com os moradores de Nova Galileia ou seus representantes para ouvir as demandas voltadas ao fortalecimento da segurança pública. “Poderemos nos reunir aqui em Rondonópolis, ou até mesmo em Nova Galileia. Isso fica a critério dos moradores de lá. Representantes de outras comunidades rurais têm nos procurado para reivindicarem melhorias”, externou o comandante.
Conforme o A TRIBUNA noticiou em sua edição de ontem (22), os moradores do Distrito de Nova Galiléia, localizado a 34 quilômetros de Rondonópolis, informaram que diante da inoperância da Polícia Militar na comunidade, pretendem contratar empresa privada para zelar da segurança da comunidade. A atitude dos moradores é em decorrência de vários assaltos a mão armada que os moradores foram vítimas.
Os moradores dizem que estão apavorados com a criminalidade. Conforme eles, representantes da comunidade já solicitaram policiamento ao comando da Polícia Militar por várias vezes, mas sem sucesso. Uma guarnição da Força Tática esteve no local, que é distrito de Rondonópolis, uma vez e não voltou mais, segundo eles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here