INFRAESTRUTURA
Sonho da duplicação da BR-364 até Cuiabá vem se tornando real

Os trabalhos de duplicação da BR-364/163 entre Rondonópolis e Cuiabá conseguiram avançar neste ano de 2017 – Foto: DNIT

O que antes era um grande sonho, a cada dia que passa vem se tornando uma realidade. A luta pela duplicação da BR-163/364 entre Rondonópolis e Cuiabá sempre foi um dos maiores desejos da sociedade rondonopolitana, mas, para muitos, dificilmente se concretizaria diante de tantas tentativas frustradas. Agora quem viaja no trecho se alegra ao ver que falta pouco para o trecho estar totalmente duplicado.
O segmento entre Jaciara e Serra de São Vicente, por exemplo, com serviços liderados pela construtora Sanches Tripoloni, está com trabalhos na fase final. Nesse segmento de 71,6 quilômetros de extensão, falta apenas liberar o trecho do contorno da Escola Técnica de São Vicente e executar as obras do contorno rodoviário de Jaciara. Mas, do ponto de vista prático, os usuários já trafegam quase todo esse trecho em pistas duplicadas.
O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Mato Grosso, Orlando Fanaia, explicou ao Jornal A TRIBUNA que, apesar de estar pronto, o contorno da Escola Técnica de São Vicente somente será liberado após a conclusão de duas passarelas na região. Já o contorno rodoviário de Jaciara, segundo ele, tem previsão de ser iniciado e concluído ao longo de 2018.
Entre Rondonópolis e a cidade de Jaciara, com 60,1 quilômetros, os trabalhos são conduzidos pelo consórcio formado pelas empresas Enpa e Metropolitana. No momento, a área de atuação nesse trecho se estende por cerca de 40 quilômetros, indo de Rondonópolis até a localidade de Placa de Santo Antônio. Ainda assim, o ritmo empregado é mais lento em relação aos dois outros dois segmentos, considerando a estrutura de máquinas e de homens bem menor.
As obras no segmento entre a Serra de São Vicente e Cuiabá estão seguindo em um ritmo intenso, sob responsabilidade agora das construtoras Sanches Tripoloni e Equipav. Os serviços de construção de pista nova nesse segmento avançam por mais de 30 quilômetros, considerando as várias etapas, como pavimentação em concreto e terraplanagem. Esse segmento possui um total de 42,4 quilômetros a serem duplicados.
ESTIMATIVAS
A previsão do DNIT, segundo repassado ao Jornal A TRIBUNA, é concluir e entregar, por completo, a duplicação da BR-364 entre Jaciara e Serra de São Vicente ainda em 2018. O segmento entre Rondonópolis e a cidade de Jaciara tem sua previsão de conclusão geral da duplicação no primeiro semestre de 2019, considerando ainda a necessidade de construção de contornos rodoviários em Juscimeira e São Pedro da Cipa e muitas intervenções de engenharia. No caso do trecho entre a Serra de São Vicente e Cuiabá, também há uma projeção de que a conclusão e entrega das obras ocorra no primeiro semestre de 2019.

1 comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia

Popups Powered By : XYZScripts.com