PARÓQUIA SÃO JOSÉ OPERÁRIO
Grupo de Coroinhas quer garantir a ceia de natal de famílias carentes

Padre Thiago e a assessora Valdilene Pereira, em visita ao A TRIBUNA, convidam a população para colaborar com a campanha do grupo de coroinhas – Foto: Deivid Rodrigues

Garantir mesa farta nos lares de pelo menos 300 famílias carentes da região da Vila Operária. Essa é a meta do Grupo de Coroinhas Anunciadores do Salvador, da Paróquia São José Operário, que desenvolve campanha de arrecadação de alimentos para oferecer a ceia de natal a quem precisa. A Campanha Natal Feliz é uma iniciativa do padre Thiago Silveira Barros que chega à segunda edição neste ano. E conta com o apoio de empresas comerciais e famílias da cidade.
A expectativa do vigário é conseguir envolver os adolescentes do grupo de coroinhas em ações em prol do bem de todos. O padre Thiago conta que lançou a proposta em 2016 interessado em “sentir como fazer uma campanha através dos coroinhas”. Ele cita texto da Bíblia com o apelo de Jesus para que se “dê de comer a quem tem fome e de beber a quem tem sede”, ao explicar que o objetivo da campanha é arrecadar alimentos para famílias carentes.
Além da coleta de doações, o grupo de coroinhas está empenhado em vender a rifa de um tablete e uma cesta de chocolates para investir na aquisição das cestas básicas de alimentos não perecíveis. Padre Thiago informa que cada cesta está orçada em R$ 44,52 e, vai conter dez quilos de arroz, um quilo de feijão, dois quilos de açúcar, um quilo de sal, um de farinha de trigo, um litro de óleo, meio quilo de macarrão e produtos de higiene pessoal (sabonete, creme dental e papel higiênico).
Padre Thiago que visitou a redação do Jornal A TRIBUNA na tarde de ontem (6), junto com a assessora do grupo de coroinhas, Valdilene Pereira, avalia que a meta de arrecadar 300 cestas é bastante desafiador para os adolescentes, mas inspirador para toda a comunidade católica. “O que nos inspira a continuar esta campanha é o fato de contarmos com a caridade, a generosidade e a solidariedade de todos”, afirma.
A pretensão da campanha em 2016, lembra o padre, era arrecadar 20 cestas. O grupo conseguiu alimentos suficientes para beneficiar 67 famílias, naquele momento. A campanha deste ano que começou no dia 18 de novembro e prossegue até 18 de dezembro, ganhou a adesão de uma família que doou, sozinha, 70 cestas básicas. Outra família doou 42 cestas e um supermercado daquela região ofereceu mais 30 cestas.
Desta vez, o padre Thiago antecipa que pretende acionar o Centro de Referência de Assistência Social – Cras da Vila Operária para conseguir identificar e beneficiar as famílias que mais precisam de ajuda. A expectativa é conseguir levar um pouco de apoio e consolo às famílias de trabalhadores desempregados e aquelas em situação de vulnerabilidade.
As pessoas interessadas em participar da ação de apoio às famílias carentes podem doar produtos para a cesta básica ou dinheiro para adquiri-los. Os pontos de arrecadação estão no Supermercado Cascalhinho e Mercado Vieira da Vila Operária. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (66) 99651.5989 e 99624.8901.
NATAL SEM FOME
A Paróquia São José Operário, da Vila Operária, realiza tradicionalmente, uma outra campanha de arrecadação para a ceia das famílias menos favorecidas. É a Campanha Natal sem Fome que chegou a arrecadar e distribuir três mil cestas básicas em 2016. Esta iniciativa da igreja tem o apoio da União Rondonopolitana das Associações de Moradores de Bairros – Uramb.
FOLIA DE REIS
O trabalho do padre Thiago com os coroinhas da Paróquia São José Operário resultou também na criação do Grupo Folia dos Santos Reis que tem a missão de fazer a anunciação do Salvador com cantigas de Reis nos bairros da região e na zona rural do município. O padre conta que os adolescentes percorrem os bairros à noite, no período do dia 25 de dezembro a 6 de janeiro – Dia consagrado aos Santos Reis – para anunciar a chegada de Jesus com cantigas tradicionais da folia de Reis.
A visita dos coroinhas foliões dos Santos Reis, na zona rural, acontece pela manhã e à tarde. São cerca de 50 coroinhas que conseguem aglutinar até 150 pessoas, durante a visitação aos moradores nos bairros da região da Vila Operária.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia