PROJETO NA CÂMARA
Ciclovia poderá ganhar nome do radialista Antônio Carlos

Obras da ciclovia na Rio Branco. O radialista Antonio Calos deve ser homenageado – Foto: André Moraes

Uma ciclovia que está sendo construída no prolongamento da Rua Rio Branco, entre o bairro José Sobrinho e o Residencial Mathias Neves, deverá receber o nome do radialista Antônio de Souza Rocha Filho, o Antônio Carlos, falecido aos 63 anos de idade, no dia 3 de agosto de 2016, vítima de câncer.
“Ele era um dos mais conceituados radialistas e cronistas esportivos do Estado, colecionando uma grande gama de admiradores. Antônio Carlos deixou um legado no esporte local. Sendo assim, faz jus à homenagem”, argumenta o vereador Elton Mazette (PSC), autor do projeto.
Segundo o vereador, a ciclovia está sendo construída com a sobra dos recursos destinados para a duplicação da Rua Rio Branco. “A construção desta ciclovia foi uma definição minha com o prefeito Zé Carlos do Pátio. É uma obra que ficará muito linda, embelezando aquela região”, enfatizou o parlamentar.
O projeto que define a denominação de “Ciclovia Antônio Carlos” foi protocolado ontem (6), na Câmara Municipal. A previsão é de que a proposta seja apreciada pelos vereadores na sessão da próxima quarta-feira (13).
HISTÓRICO
Antônio Carlos esteve por mais de 19 anos à frente do programa “Rondonópolis Verdade”, na Rádio Clube, entre 8h e 10h da manhã. Natural de Maringá (PR), contabilizou mais de 40 anos de trabalhos prestados em rádio. Chegou a atuar como secretário de imprensa na Prefeitura e na Câmara Municipal de Rondonópolis. Formou-se em 2000 em Direito e também passou a exercer a advocacia na sequência. Esteve envolvido em clubes de serviço do município, bem como na área política local, sempre nos bastidores.
Nos 19 anos no comando do “Rondonópolis Verdade”, entrevistou figuras como os ex-presidentes Fernando Collor de Melo, Luiz Inácio Lula da Silva e, praticamente, todos os grandes líderes políticos de Mato Grosso. Além de consolidar o programa “Rondonópolis Verdade” como uma das referências no jornalismo do rádio rondonopolitano, também se firmou com destaque nas transmissões de partidas de futebol, com coberturas em todo o Brasil e vários países.

1 comentário

  1. Lamentável…. Nada contra o Antonio Carlos, mas essa ciclovia deveria receber o nome de alguém que faz algo pelo ciclismo..Os atletas são sempre esquecido pelo poder publico em homenageares. Quem não se lembra do saudoso Lukao ou o Jonh que varias vezes representaram Rondonópolis no ciclismo estadual… Antonio Carlos nunca andou de bicicleta.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia