DUPLICAÇÃO E INFRAESTRUTURA
Pátio anuncia projeto de R$ 7 milhões para Av. Poguba

Intenção é que avenida seja totalmente duplicada, receba nova iluminação, pista de caminhada e ciclovia

Foto: Arquivo

Um projeto para duplicação e dotação de infraestrutura da Avenida Poguba, ligando a nova Avenida Beira Rio e a Rua Francisco Goulart, próximo a ponte da Marechal Rondon, margeando o futuro Parque da Seriema, é uma das apostas em termos de urbanização da gestão Zé Carlos do Pátio. O projeto está estimado em cerca de R$ 7 milhões.
A proposta foi anunciada ao Jornal A TRIBUNA pelo próprio prefeito Zé Carlos do Pátio. A ideia é que a Avenida Poguba seja totalmente duplicada, receba nova iluminação, pista de caminhada e ciclovia. “Essa região vai ficar muito bonita. Também teremos a Avenida Otaviano Muniz (Beira Rio) duplicada até a BR-364 e a obra do Parque da Seriema”, analisou.
Segundo Zé Carlos do Pátio, a transformação da Avenida Poguba está sendo planejada com recursos a fundo perdido provenientes da Caixa Econômica Federal, sem endividar o Município. Neste momento, explica que o projeto está sendo analisado pela Caixa Econômica Federal.

Imagem mostra o trecho da Avenida Poguba que deve receber o investimento por parte da Prefeitura – Foto: Google Maps

PROLONGAMENTO
Em relação à conclusão do prologamento da Avenida Beira Rio, que sofreu interrupção devido a uma decisão judicial, Zé do Pátio informou que decidiu agora pela realização de uma licitação para contratação de uma empresa para realização dos serviços pendentes.
O prefeito explicou que também estava esperando concluir um estudo técnico para contemplar as galerias pluviais no prolongamento, que não estavam previstas até então. A princípio, a conclusão da Avenida Beira Rio seria realizada pela Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder).
“Agora estava discutindo com a secretária Nívea Calzolari, que também é engenheira, se a obra do prolongamento seria feita pela Coder ou se iríamos licitar. Decidi que será licitada. Estamos fazendo todos os procedimentos técnicos para concluir essa obra”, garantiu.

1 comentário

  1. kkkkkk ESSE PAPO AÍ, É DA ÉPOCA DO MARECHAL CÂNDIDO MARIANO DA SILVA RONDON.
    KKKKKKKKKKK

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia