TRAGÉDIA NA ESTRADA
Professoras do IFMT e o marido de uma delas perdem a vida em acidente

Mariele Miranda, Ruthy Fonseca e o marido Elder Almeida – Foto: Divulgação IFMT

As professoras Mariele Cunha de Miranda e Ruthy Meyre Costa Fonseca, educadoras do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), e Elder Luiz Almeida, marido de Ruthy, são as três vítimas de um grave acidente ocorrido na madrugada de ontem (7) na BR-163, em Sinop. As vítimas viajavam num veículo Renault Sandero, que colidiu frontalmente com um caminhão na altura do quilômetro 809 da rodovia federal. O motorista do caminhão, com placas de Rondonópolis, saiu ileso do acidente.
A colisão ocorreu nas proximidades do bairro Alto da Glória, na entrada de Sinop, por volta das 5 horas. Conforme as informações, as vítimas estavam retornando para Sorriso quando o carro em que estavam colidiu de frente com o caminhão, que trafegava no sentido oposto. Os três morreram no local do acidente. O tráfego na BR foi interditado por cerca de 2h30 para o trabalho da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), que apontará as circunstâncias em que a colisão aconteceu.
Em nota, o IFMT lamentou o ocorrido. Conforme o Instituto, Mariele era Engenheira Florestal e Ruthy era Engenheira Ambiental. As duas professoras tinham mestrado em Ciências Florestais e Ambientais e lecionavam para cursos técnicos e superiores do IFMT desde 2013. “O Campus Sorriso lamenta profundamente a perda dessas profissionais, que foram exemplares em suas atuações, promovendo com excelência o ensino, a pesquisa e a extensão. A unidade estende suas condolências às famílias das servidoras”, diz a nota.

1 comentário

  1. TRISTE.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia