PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
Consórcio é autorizado a iniciar obras do Ganha Tempo

Dentro do cronograma, a previsão é que a unidade do Ganha Tempo em Rondonópolis seja entregue em março de 2018

Unidade do Ganha Tempo em Rondonópolis será construída em parte da área da antiga rodoviária, no Centro – Foto: Arquivo

O consórcio vencedor na concorrência pública para a expansão do Programa Ganha Tempo em Mato Grosso já está autorizado a iniciar as obras das novas unidades. Dentro do cronograma, a previsão é que a unidade do Ganha Tempo em Rondonópolis, em parte da área da antiga rodoviária, seja entregue em março de 2018. A primeira unidade nova a ser entregue será em Cuiabá, prevista para dezembro deste ano.
O Governo do Estado fez nesta semana, em Cuiabá, a assinatura do contrato com o Consórcio Rio Verde Ganha Tempo, que será o responsável pela gestão, operação e a manutenção de sete novas unidades do Ganha Tempo no modelo de concessão administrativa em Parceria Público Privada (PPP), pelo período de 15 anos. A ordem de serviço é no valor de R$ 398.707.945,30.
Segundo informado, o prazo para implementação das sete novas unidades é de 12 meses, após a assinatura do contrato. O cronograma de entregas inicia em dezembro de 2017, com a inauguração de uma unidade na região do CPA/Cuiabá; a unidade de Sinop será entregue em fevereiro de 2018; Rondonópolis, em março; Várzea Grande em abril; as outras três unidades, Barra do Garças, Lucas do Rio Verde e Cáceres, serão entregues até setembro de 2018.
O representante do Consórcio Rio Verde, Osmar Linares Marques, externou que os esforços estão concentrados para entregar a primeira nova unidade até o final do ano de 2017. “Assinamos o contrato e agora colocaremos a nossa operação para funcionar. Enquanto o RH faz as contratações, o setor de engenharia começa a obra. Temos expertise nessa área e podemos garantir essa entrega no prazo estipulado”, confirmou o administrador.
As novas unidades serão geridas por meio de parceria público-privada, em que o Governo do Estado reembolsa o consórcio vencedor de acordo com o número de atendimentos e qualidade do serviço prestado. O contrato é de 15 anos; depois disso o patrimônio será devolvido para a administração pública.
A previsão é de que a carta de atendimento compreenda 104 serviços, ofertados por 21 parceiros. Entre eles, a emissão da carteira de identidade, pagamentos de contas, fotos 3×4, entre outros serviços que serão disponibilizados por parceiros como: Defensoria Pública, Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Correios, Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), entre outros.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia