Mais encargos, mais impostos, mais taxas… Até quando??!!

Vista Aérea da Prefeitura Roo

Vista Aérea da Prefeitura Roo

Jornalista Flávio Ceará

Jornalista Flávio Ceará

O Cidadão Brasileiro não agüenta mais tantos impostos, taxas, encargos e cobranças do poder público pelos serviços que na sua maioria não são realizados, começando com as taxas de iluminação pública que deixa a desejar, agora a partir de outubro vai cobrar a taxa do lixo na conta de água, sem contar que o direito do Cidadão de ir e vir corre o risco dele ainda ser multado, com tantos pardais, amarelinhos e câmeras instaladas, e pra sair nas rodovias temos que pagar pedágios por serviços inacabados, se for ao centro da cidade também temos que pagar para estacionar veículos e motos.
Agora pra acabar de lascar o Cidadão, o executivo da nossa Cidade já está preocupado com a cobrança do IPTU de 2018, alegando que tem que ser feito algumas adequações nos valores cobrados de terrenos, residências, salas, comerciais, condomínios e prédios. Pra isso não tem morosidade, já estão a passos largos e rápidos, mas as ações emergenciais de abastecimento com suprimentos essenciais na estrutura dos postos de atendimento da Saúde, Escolas e Creches, levam um século para resolver.
Uma coisa tenho certeza, que essa adequação não trará redução nenhuma para o Contribuinte, mesmo porque a idéia do Prefeito Zé do Pátio é aumentar a arrecadação para o ano que vem.  Vamos aguardar a posição dos 21 vereadores de Rondonópolis, que compõem a Câmara Municipal e acompanhar de perto a posição de cada um. Pelo andar da carruagem, mais uma vez o Cidadão Trabalhador vai pagar o Pato! Estamos no Mato sem cachorro!

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia