Incompetência e irresponsabilidade

Causa bastante estranheza a maneira como a atual gestão de Rondonópolis vem tratando as questões de segurança no aeroporto do Município. Embora o local esteja em um pacote de privatização do Governo Federal, ele ainda é administrado pela Prefeitura Municipal, mesmo que as últimas ações deem a entender que a cidade anda “lavando as mãos” para os cuidados com o local.
O A TRIBUNA vêm, nas duas últimas semanas, denunciando os problemas no aeroporto. Primeiro, policiais civis que faziam a segurança no local deixaram os postos porque não estavam recebendo para trabalhar. O atraso de pagamento para eles, que trabalham em horário para o Município devido a um convênio firmado entre a Prefeitura e Governo do Estado, chegou há três meses. Com isso, se alguém quiser ir durante a madrugada fazer um arrastão no aeroporto, roubando carros, funcionários, passageiros e familiares, não tem nada a impedir. Não há nenhum tipo de segurança no local, nem pública ou muito menos privada. Além disso, se houver alguma confusão, problemas com voos e tudo mais que pode acontecer em um aeroporto, não há polícia. Repetimos, não há polícia.
Pela mesma razão, a falta de pagamento, os bombeiros reduziram o atendimento no local. Para o aeroporto, são necessários quatro profissionais, sendo que dois trabalham pelo Estado e dois pela Prefeitura, por meio do Gabinete de Apoio à Segurança Pública. Como a Prefeitura não está pagando, dois deixaram o posto, e o atendimento agora está em inconformidade com o que pede a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Ou seja, se acontecer um acidente o número de bombeiros para o atendimento inicial, antes da chegada do reforço, é insuficiente. Pior, existe a possibilidade do aeroporto ser interditado, já que está operando de forma irregular.
Essa falta de pagamento aconteceu, pasmem, porque a atual gestão perdeu o prazo para renovar o contrato com o Estado, e agora não pode pagar os servidores sem contrato, já que corre o risco de responder por improbidade administrativa. Parece piada!
Mesmo diante da grave situação, Prefeitura se mantêm em silêncio, Câmara Municipal de Vereadores se mantêm em silêncio… Aparentemente, estão fingindo que nada está acontecendo. O problema é grave, mas a torcida é para que nada de mais grave aconteça. Deixar um aeroporto sem segurança deixa de ser apenas incompetência, mas sim uma grande irresponsabilidade.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia