A fedentina da falta de gestão

Uma das explicações do Poder Público para os moradores de vários bairros da região Salmen conviverem diariamente com o mau cheiro exalado da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), é o fato dela ter sido construída em 1989, quando havia uma distância significativa da zona urbana da cidade, e isso evitava esse tipo de transtorno. Essa explicação é um grande atestado de incompetência e de péssima gestão pública. Desde 1989, bairros e residenciais tiveram autorização do Município para serem abertos naquela região. O Município cresceu e a ETE, que fica aos fundos do Residencial Magnólia, no começo da “Rodovia do Peixe”, hoje está dentro da cidade.
Um dos casos mais gritantes é o do próprio Residencial Magnólia, que faz parte do programa do Governo Federal “Minha Casa, Minha Vida”. Como qualquer pessoa que tenha o mínimo de compromisso com o seu próximo autoriza a construção de mais de 400 casas naquele lugar? Falta de compromisso, de competência e sabe-se lá de mais o quê, já que os meios para se conseguir algo no Brasil todo mundo está cansado de saber como funcionam. E tem mais, depois do Magnólia vieram outros, do setor privado, mas que também não deveriam estar ali, se a gestão pública fosse encarada com responsabilidade. Ontem (21) a Câmara Municipal de Vereadores convocou uma audiência pública para debater o problema. Por aqui as coisas funcionam assim, primeiro se faz a bobagem e depois se tenta consertar, ou pelo menos finge interesse.
O Sanear, que é a autarquia responsável pelo local, diz elaborar um estudo, em parceria com o Ministério Público e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), para tentar amenizar o mau cheiro na região. É o que todo mundo espera, já que aparentemente o problema, se não pode ser resolvido por completo, que seja ao menos amenizado, para que as pessoas possam desfrutar de seus lares de forma tranquila. O menor problema é a ETE estar longe dos condomínios fechados, dos bairros nobres. Enquanto ela está afetando apenas bairros de regiões mais periféricas, ela está sendo ótima mesmo para promover debates acalorados e ser alvo de interesse político para autopromoção.
É bom lembrar, hoje ela incomoda alguns, mas a cidade não vai parar de crescer e logo o problema tende a se agravar ainda mais. O cheiro não escolhe o rico ou o pobre e muito menos o bairro que vai visitar. O debate é importante, mas o tempo para debater já passou. É hora de agir!

1 comentário

  1. É hora de agir? Vai esperando!!! Essa administração, assim como as passadas é composta por apadrinhados incompetentes, credores indecentes, cabos eleitorais puxa-sacos, aspones de todas as espécies, “ligeirinhos” (aquele pessoal que fica andando rápido lá dentro da Prefeitura, com pastas e papéis embaixo do braço, mas que não estão fazendo porcaria nenhuma), os famosos “mourões” (são os opostos aos ligeirinhos, plantados o dia todo sem fazer nada) e os “turistas” (aquele povo que em pleno horário de expediente, frequenta padaria, shopping, lojas, etc)… …ou seja, se a ação é esperada desse povo: COMPRA UMA CADEIRA BEM CONFORTÁVEL, PORQUE CERTAMENTE A ESPERA SERÁ GRANDE.
    Outra coisa: Depois desse escândalo que é a delação do Silval, que colocou no mesmo saco de batatas podres, os filhos da terra (pra não dizer outra coisa): Barreto, Wellington Fagundes, Blairo Maggi dentre outros, esse povo da política deve estar assoberbado tentando esconder o rabo pra não ser citado, envolvido ou delatado! E francamente: o que não falta pra esses nossos políticos é RABO PRESO.
    Ah! Sim! Especificamente aqui em Rondonópolis, o RABO PRESO fica em segundo lugar. Em primeiríssimo lugar disparado de característica mais comum nos nossos representantes, certamente vem a INCOMPETÊNCIA. Arrisco dizer que a INCOMPETÊNCIA é pre-requisito pra ser político aqui na cidade, pois coisa pra ser feita é o que não falta… …e ABSOLUTAMENTE NADA ACONTECE: é calçada intransitável, é deserto na cidade, é asfalto precário, é ambulante tomando conta da calçada, é praça abandonada, amarelinho sem fazer nada, isso sem falar no trânsito que por si só dá uma novela… …dito isto, você acha que nossos políticos estão preocupados com uma fedentina nesses bairros afastados? Acho que eles devem até achar CHEIROSO essa tal fedentina, TAMANHA A PODRIDÃO A QUE ESTÃO ACOSTUMADOS A SE ENVOLVER.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia