BRASIL CENTRAL SEGURO
Nova etapa de operação cumpre mandados e reforça policiamento

Mandados contra menores infratores foram cumpridos durante o dia de ontem

Mandados contra menores infratores foram cumpridos durante o dia de ontem

Polícia Judiciária Civil (PJC) e Polícia Militar (PM), em ação conjunta, deflagaram ontem (19) em Rondonópolis mais uma etapa da operação “Brasil Central Seguro”, por determinação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).
Na cidade, 50 policiais militares e 25 policiais civis trabalharam ontem para cumprir 13 mandados de internação contra menores infratores. Entre os atos infracionais cometidos estão o tráfico de drogas, roubo e também descumprimento das medidas socioeducativas, como não comparecimento em audiências.
Parte da operação também aconteceu em Sonora, no Mato Grosso do Sul, em uma parceria com a Polícia Civil do estado vizinho. Conforme o delegado regional Claudinei Lopes, nos próximos dias operações conjuntas com Mato Grosso do Sul e também Goiás devem acontecer.
Em Rondonópolis, ainda dentro da Brasil Central Seguro, policiais civis e militares estão nas ruas em rondas, bloqueios e abordagens, para evitar a ação de criminosos e tentar localizar pessoas que estão com mandados de prisão em aberto.
As ações ostensivas e preventivas são realizadas em locais definidos previamente pelo setor de Planejamento Estatístico do 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondonópolis.
FORAGIDO É PRESO
Um homem procurado pela Justiça de MT e MS foi preso pela Polícia Judiciária Civil, durante o cumprimento de duas ordens judiciais, em ação da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa de Rondonópolis. A prisão do suspeito aconteceu durante a operação “Bairro Seguro”.
Considerado foragido da Justiça, conforme divulgado pela assessoria da PJC, Fábio Silva Amorim, conhecido como “Bim”, foi preso por força de dois mandados de prisão deferidos em seu desfavor, sendo um deles, decretado pela comarca de Sonora, Estado de Mato Grosso do Sul.
O segundo mandado de prisão em aberto contra Fábio, foi expedido pela comarca de Rondonópolis, após o suspeito ser identificado pela Polícia Civil como o autor do homicídio que vitimou a pessoa de Gonçalo Barros.
A localização e prisão do suspeito contou com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia