Em dificuldades
Comunidades terapêuticas reclamam apoio do governo

Repreentantes de comunidades terapeuticas- 18-03-17

Foi realizada, semana passada, na Assembleia Legislativa, uma reunião com representantes de diversas comunidades terapêuticas que atendem dependentes químicos em Mato Grosso, com o fim de discutir medidas de acesso ao auxílio financeiro do poder público às entidades que prestam atendimento a dependentes químicos, bem como a regulamentação da documentação dessas entidades junto aos órgãos de controle público.
Representantes das entidades reclamam que o auxílio financeiro praticamente foi cortado pelo governador Pedro Taques – recebiam pagamento de diárias por internos atendidos desde o governo Blairo Maggi e ainda durante a gestão passada, mas na administração atual estão à míngua.
Ao final, foram designados sete representantes que acompanharão o deputado Romoadlo Júnior (PMDB) em reunião com o governador Pedro Taques, a ser agendada ainda para este mês, da qual o secretário-adjunto de Justiça também se comprometeu em participar.
Ainda ficou definida a criação de uma associação representativa das comunidades terapêuticas, além da reivindicação de mais duas cadeiras no Conselho Estadual de Políticas Sobre Drogas (Coned) – atualmente, as entidades possuem um representante.
O deputado Romoaldo Júnior adiantou ter conseguido o compromisso de todos os seus pares para a destinação de emendas parlamentares individuais – no valor de R$ 50 mil cada – com o fim de auxiliar as comunidades terapêuticas, num total de R$ 1,2 milhão.
“Temos que debater amplamente o assunto para que o governo do estado possa efetivamente colaborar com o funcionamento das comunidades terapêuticas, viabilizando recursos. É desesperador ver uma mãe precisando internar seu filho e não tem solução para isso. O ano de 2017 mal começou e oito comunidades terapêuticas fecharam as portas. Atualmente, mais de cinco mil pessoas dependem do atendimento nas comunidades terapêuticas em Mato Grosso”, finalizou o parlamentar.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia