Antigos e novos caminhos de Rondonópolis

Rondonópolis tem localização privilegiada, no entroncamento das Rodovias BR 163 e BR 364, que liga as regiões Norte/ Sul do país, vias de escoamento da produção agrícola - Foto: Rota do Oeste

Rondonópolis tem localização privilegiada, no entroncamento das Rodovias BR 163 e BR 364, que liga as regiões Norte/ Sul do país, vias de escoamento da produção agrícola – Foto: Rota do Oeste

Hoje, Rondonópolis é apontada como o grande polo de desenvolvimento do Centro-Oeste, atendendo à demanda de consumo de 22 municípios e tem uma população aproximada de 220 mil habitantes. É uma cidade conhecida por suas terras férteis e localização privilegiada, no entroncamento das Rodovias BR 163 e BR 364 (entroncamento de mão-única), que liga as regiões Norte/ Sul do país, vias de escoamento da produção agrícola. Rondonópolis é o portal da Amazônia e a entrada para o pantanal mato-grossense.
Na data de hoje Rondonópolis completa 63 anos de Emancipação Político- Administrativa, em decorrência da Lei estadual 666 de 1953 que lhe outorgou a alcunha de município que, inicialmente (em 1920) fora povoado distrito de Santo Antônio do Leverger, e a partir de 1938 passou à condição de distrito de Poxoréu, que na época era um município recém-criado.

(*) LUCI LÉA LOPES MARTINS TESORO, Doutora em História Social pela USP e autora do livro “Rondonópolis-MT: Um entroncamento de mão única. Contato lllmt@terra.com.br

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia