“Qualquer pancada na cabeça é traumatismo craniano”

A expressão “traumatismo craniano” apavora, já que é uma das causas mais freqüentes de morte e deficiência física e mental. Mas, como no caso da atriz Giselle Itié, que bateu a cabeça durante os ensaios da “Dança do Gelo”, do “Domingão do Faustão”, o traumatismo craniano pode ser só um susto, sem conseqüências mais graves. Segundo sua assessoria, a batida foi leve, mas inspirou cuidados, de acordo com os boletins divulgados pelos médicos.

“De modo geral, qualquer pancada na cabeça é um traumatismo craniano”, diz o neurocirurgião Guilherme Malacarne, do Hospital Regional Sul e professor da Faculdade de Medicina do ABC, na Grande São Paulo. Um “galo”, por exemplo, é um hematoma formado pelo volume de sangue acumulado após o traumatismo.

Nem todos os casos precisam de ajuda médica. “Depende dos sintomas. Se a pessoa perder a consciência, vomitar, não sentir alguma parte do corpo, sofrer alterações na linguagem, é importante procurar um pronto-atendimento”, aconselha Malacarne. Nos casos leves, como uma pancada contra a porta, uma bolsa de gelo pode aliviar.

As seqüelas são, geralmente, proporcionais ao trauma. Ou seja: quanto mais forte for a agressão, maiores serão as chances de complicações. Acidentes que envolvem velocidade, como batidas de carro e quedas de patins e skates, por exemplo, também podem ser graves. “Nestes casos, o cérebro tem a agressão localizada contra ele e, por causa da velocidade, também fica meio que “boiando” no crânio”, explica o neurocirurgião Eduardo Vellutini do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, da capital paulista.

Diretor clínico da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), o ortopedista Antônio Carlos Fernandes diz que a complicação depende da área do cérebro que foi afetada. “Cada área corresponde a uma função, como equilíbrio, movimento, fala, audição, entre outras”, explica.

Na Clínica de Lesão Encefálica da AACD, 36% das crianças tiveram seqüelas após acidentes automobilísticos. Fernandes atribui as pancadas ao uso incorreto ou mesmo à ausência das cadeirinhas de segurança. “Elas poderiam evitar muitas mortes e complicações”, alerta Fernandes. A segunda grande causa de traumatismos cranianos são os atropelamentos, motivo apresentado por cerca de 32% das crianças da AACD. E 23% delas caem de grandes alturas. “Isto é muito comum, especialmente em favelas, porque as crianças costumam brincas nas lajes”, explica o ortopedista.

Importante é, no caso de uma lesão grave, levar o acidentado ao pronto-atendimento o mais rápido possível. “Trinta minutos podem ser decisivos para que a pessoa tenha mais chances de se recuperar do baque”, aconselha Vellutini, do Oswaldo Cruz.

Diferentes graus, diferentes seqüelas

TIPOS – Existem três tipos de traumatismos cranianos, classificados de acordo com o grau de comprometimento do crânio. No fechado, não há ferimentos no crânio ou, quando muito, existe uma fratura linear. Os traumatismos cranianos com fraturas com afundamento caracterizam-se pela presença de fragmento ósseo fraturado afundado, comprimindo e lesando o tecido cerebral adjacente. Nos traumatismos cranianos abertos, com fratura exposta do crânio, ocorre comunicação direta do couro cabeludo com a massa encefálica através de fragmentos ósseos quebrados.

SEQÜELAS – Elas irão depender da área do cérebro afetada. Algumas áreas irão causar problemas na fala, outras, no equilíbrio, na inteligência, no movimento e assim por diante.

CAUSAS – Os acidentes automobilísticos são a principal causa, seguidos pelos atropelamentos e quedas de grandes alturas.

266 comentários

  1. Meu filho caiu batel a parte de tras da cabeça, nao percebi nem um galo, disse q doeu so na h , mas 4 h depois ele vomito, mas tinha comido cachorro quente antes de dormi reclamor do na barriga, mais continuou dormindo normalmente, o devo fazer

  2. Olá…já tem 1 mês que cai de moto e bati a cabeça o capacete saiu da minha cabeça na queda e criou um “galo” no local da batida, ainda está um pouquinho dolorido tenho um pouco de dor de cabeça.Devo me preocupar?

  3. Eu trabalho com cavalos e levei um tombo de costas e batí forte a cabeça no chão e um rapaz caiu em cima de mim. Desmaiei, e me deu muita náusea. Fui socorrida e foi feita uma tomografia que não mostrou lesão evidente. Mas após o ocorrido eu tenho muita dor de cabeça e náusea constante. E eu raramente tinha dor de cabeça. Devo procurar um médico novamente???

  4. Levei uma grande pacada na testa cortou meu rosto na região da sobrancelha e meu rosto inchou todo do lado da laçada e estou vumitando tbm e mtas dores na cabeca oque devo fazer

  5. Minha irmã bebê ficou chutando minha cabeça acontece alguma coisa

  6. Tomei um tombo de moto a mais ou menos um ano desse dia pra sinto dores de cabeça e muito esquecido as vezes não lembro a onde tenho que ir , e quando cair fui no médico e não deu nada.

  7. Júlio Carlos Da Silva

    Há cinco anos eu caí de uma altura de dois metros, e bate com a cabeça no chão e desmaiei, e depois acordei logo minha cabeça sai um pouco de sangue, logo no dia seguinte eu mal podia me levantar que todo o corpo doía muito, mais não procurei o médico e hoje tem um local da cabeça perto de onde bate que quando toco doe, gostaria de saber se é sério e oq devo fazer? E outro dia tocei no local e foi como se tivesse um bolha estalou quando toquei.

  8. Júlio Carlos Da Silva

    É quando toco na fontanela posterior doe, só que a pacanda que levai foi muito acima.

  9. Boa noite . Bati a nuca atras da orelha , cai da propria altura. estou sentindo muita dor . Devo procurar o pronto socorro.

  10. Olâ, meu irmão bateu a cabeça jogando bola, ai saiu um líquido do nariz dele, ficou com dor imediata e uma mancha vermelha, na região da batida. Foi ao medico que passou uma injeção chengando em casa o braço esquerdo dele ta dormente, ele tb ta com queimou.

  11. Minha filha tem labirintite…mas qual a possibilidade de numa crise ela cair bater a cabeça e desmaiar….rap acordar ñ saber o q aconteceu?e após alguns dias o tosta…face ficar com hematomas de a batida foi ñ cabeça.

  12. Oiiiiii, tudo bem??

    Hoje pela manha, bem cedo, fui olhar a porta porque meu cachorro latia muito e graças a Deus nao era nada demais.
    Porem, estavo meio sonolenta e nao entendo como fiz que ao fechar a porta q abre pra dentro d casa, acertei minha cabeça cm força… porta gradeada.
    No momento seguinte voltei a deitar, porem sinto minha cabeça pesada, ansia de vomito e tontura. Isso é normal ou preciso ir ao medico???

  13. olha boa noite …Terca feira bati minha cabeca aqui na porta de onde trabalho desde entao sinto dor de cabeca e minha narina fica doendo c sensacao de dormencia ..O q devo fazer??

  14. ELISA: A poucos dias estava realizando uma tarefa e cai de costas de aultura razoável, na hora fiquei desacordada, quando acordei segundos depois só senti uma leve dormência na cabeça e no pescoço, não fui amo médico, no dia seguinte amanheci com um lado do pescoço inchado, mal estar e forte dor de cabeça, três dias depois ainda om mal estar fui ao médico porém ele sem pedir nenhum exame me receitou relaxante muscular. o que devo fazer neste caso, ou que tipo de exame poderia ser feito para ver se houve lesão, hoje depois de cinco dias ainda tenho um leve inchaço no pescoço e dor de cabeça.
    obrigado

  15. Bom dia ,
    Minha filha estava brincando de escorregar no pisos e caiu de costa e bateu a cabeça
    Fica sentindo dor de cabeça direto,agora começou a ficar sentindo falta de ar dor no peito.
    Levo ela no posto de saúde e ele falam que ela não tem nada.
    O que devo fazer ela tem 16anos

  16. Marta Silva do Nascimento

    Bom dia, à uns 19 anos atrás eu bati com a cabeça(na frente)e foi na quina de uma parede azulejada e inchou no local,fique tonta e sangrou mt pouco mas logo parou, porém até hj ficou o caroço na região. De lá pra cá pude perceber que tive esquecimento das coisas que estudei no colégio. Entretanto consigo relembrar qd realizo novos estudos e de vez em quando sinto dor de cabeça, porém tbém tenho problemas na vista, e nesse caso fico na dúvida de qual dos problemas poderia estar causando essa dor.Gostaria de saber se é perigoso esse tipo de pancada que deixou um caroço até hj e se ainda devo procurar um médico? Embora ele não tenha desenvolvido, pois está sempre do mesmo tamanho. Desde já agradeço a atenção.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


Compartilhe esta Notícia